26 junho 2008

Você

Qual graça teria estar neste mundo
Se não pudesse ter sua presença
No amanhecer de minha esperança
Regado com seu sorriso de menina

Por vezes pensei que você não existia
Que minha mente fantasiava utopias absurdas
Absurdo foi um dia ter pensado
Que Deus não a tivesse criado

Procurei-te em tantos lugares
Em tantos sonhos
Que parece, que meu pensamento
Voaram de encontro aos seus

Escrevo, porque não sei
Escrevo, talvez, para o mundo ver
O quanto agradeço a Deus
Por casar com você

Um comentário:

Dayane Borges disse...

Adorei, acho que já sei pra quem foi, rsrsrs!!!