29 dezembro 2008

Último de 2008


Gostaria de agradecer aos meus escassos e regulares leitores deste pobre blog: Maria, Edgar, Elise, e Sabrina.

2009 tentarei blogar mais e melhor.

Que 2009 seja um ano tão fantático quanto foi 2008 e que nossos sonhos/metas sejam realidade.

E que eu possa ter dois novos endereços ainda em Fevereiro: acadêmico (Guarulhos) e residencial (downtown) e a Dinha, claro (que seu novo endereço comercial seja a Ibirapuera).

Penúltimo de 2008


O pulso ainda pulsa
O pulso ainda pulsa
Peste bubônica, câncer, pneumonia
Raiva, rubéola, tuberculose, anemia
Rancor, cisticircose, caxumba, difteria
Encefalite, faringite, gripe, leucemia
O pulso ainda pulsa (pulsa)
O pulso ainda pulsa (pulsa)
Hepatite, escarlatina, estupidez, paralisia
Toxoplasmose, sarampo, esquizofrenia
Úlcera, trombose, coqueluche, hipocondria
Sífilis, ciúmes, asma, cleptomania
E o corpo ainda é pouco
E o corpo ainda é pouco
Reumatismo, raquitismo, cistite, disritmia
Hérnia, pediculose, tétano, hipocrisia
Brucelose, febre tifóide, arteriosclerose, miopia
Catapora, culpa, cárie, câimbra, lepra, afasia
O pulso ainda pulsa
O corpo ainda é pouco
Ainda pulsa

Antepenúltimo de 2008


Ó, tô com muita coisa prá arrumar aqui no apê e tô meio sem tempo e saco p/ pensar num post legal.
Esta é a última noite de postagens em 2008 deste blog, e quando voltar em 2009, postarei 03 duma vez só dizendo como foi o reveillon, a minha retrospectiva de 2008, e os sonhos/metas de 2009.
Beijo do gordo!

25 dezembro 2008

I'll be there for you...

Acho que um dos maiores presentes que Deus nos reserva nesta vida são amigos.
Sou muito grato pelos poucos e bons amigos que Deus me deu nesta vida.
Infelizmente alguns entraram na minha vida e saíram por razões fúteis ou sem razão alguma.
Nesta semana fez um ano que não falo com Sueli, pq ela ñ consegue mensurar suas palavras, que às vezes se tornam mordazes. O pior é que não recebi um e-mail ou ligação pedindo desculpas, o que dá a entender que tanto faz ter ou não minha amizade. Uma pena.
Mas não me rastejarei trás de quem não sabe tratar bem os outros, não preciso nem quero amizades assim. Nem quero mais tb.
Que Deus ilumine meus poucos a grandes amigos.
E obrigado por todos vcs estarem comigo, não importa como, onde e pq.

Christmas Psych Speech

Ontem Dinha e eu conversamos em alguns momentos do dia sobre os mecanismos de defesa que afligem as pessoas e como cada uma reage diferente de acordo com a criação e com as atomadas de decisão sobre determinadas opções que a vida dá.
Eu particularmente acho que as pessoas tem total condições de encararem de frente toda e qualquer situação, mesmo quão espinhoso seja o assunto. O que me surpreende é o quanto as pessoas preferem (de modo consciente ou in) se esconder através deste escudo do mal, para não entrarem em colapso com o próprio eu, como se a felicidade de cada um dependesse dos outros, e não da própria pessoa.
Eu acredito que cada pessoa tem sua respctiva felicidade dentro de si, mas por falta de querer enxergar, deixam de serem felizes. O medo da vitória, de se obter a felicidade e/ou paz plena, é algo tão absurdo que refugia a pessoa num mundo obscuro e à parte da realidade.
Claro, acredito que cada um tem fantasmas a serem vencidos, mas o que não pode acontecer é a pessoa se auto-boicotar por se achar inferior aos outros ou incapaz de vencer.
O Natal perdeu seu sentido para mim há alguns anos, vendo como se tornou uma data comercial e estúpida. Ao ouvir a palavra "Natal", automaticamente já associo a bebedeira, comida em excesso, podres desenterrados para chatear determinadas pessoas.
Onde está o real sentido do Natal, onde as pessoas tentam ficar mais unidas (hj em dia a união só é física, espiritualmente estão cada um em sua redoma de vidro), onde as pessoas tentam conhecer melhor o próximo, tentam refletir sobre como forma naquele ano e como podem evoluir, como podem contribuir para um mundo melhor para as futuras gerações (pelo menos para nossa geração).
Lendo um post de meu grande chapa Edgar, ele relembrou de natais (e relembrei alguns meus que estavam indevidamente entrreados) onde os natais eram sadios, onde as famílias eram unidas, onde as crianças eram crianças (e não essas máquinas de ficar e meter precocemente), e onde o universo conspirava a favor nosso.
Conversando com o Roberto, VP do JRM, lembrando que antigamente era tão comum as pessoas darem cartões, e hj em dia as pessoas não estão mais nem aí, meio que perderam parte do espírito Natal, ou até mesmo parte do próprio espírito. Uma pena, pois até eu me enquadrei neste quadro de desânimo em relação ao Natal nos últimos anos (este ano retomei tal hábito).
Primo Sérgio ligou aqui na casa de meus pais dia 23 confirmando que viria 02 carros de Guaíra, e ontem desconfirmou que nem ele viria pq algum genro ñ tava afim. Meu primo nunca veio SJC e ontem foi chato ver o desapontamento de meu pai com sua desistência, simplesmente pq com seus 40 e poucos anos ñ consegue ter autonomia pela própria vida.
O pior é que cada pessoa tem sua individualidade e tem enorme resistência/dificuldade em sair de suas redomas. Eu, meus pais, minhas irmãs, meus tios, meus primos, às vezes me pergunto se realmente somos uma família, no seu verdadeiro sentido de ser. Não que minha família seja a única no mundo, pelo contrário, a maioria das famílias é assim, minoria se salva (se se salvar).
Eu não concordo com a filosofia de muitos pais que acham que o papel dos filhos é ajudar financeiramente em casa, acho que se um casal quer ter filhos, não é para visar retorno financeiro, e sim para compartilhar vosso amor e criar mecanismos para que ele cresça como pessoa, estudante, profissional e cidadão. Os filhos não podem ter culpa se seus pais foram criados nesta filosofia, nem por eles terem sidos criados com extrema pobreza, as épocas são diferentes, as sociedades são diferentes, as culturas são diferentes, não é justo comparar e querer impor o mesmo modo de criação, ou pior, apenas criticar, o elogio é tão necessário quanto.
Maria e eu conversamos muito sobre muitas coisas (para não dizer tudo), e criamos um pacto sadio de criarmos uma família verdadeiramente unida, sem amarras, sem histórias enterradas, sem redomas, e particularmente nestes quase dois anos que nos conhecems, temos alcançado nossos propósitos. Tudo bem que devo uma gigantesca parcela disso à ela, que tem sido uma puta companheira, uma puta amiga, uma puta amante, fantástica em sua bondade e amor que tem por mim e pelos seus amigos e familiares.
Maria, para mim, é o verdadeiro espírito de Natal e Família.
E sou absurdamente grato a Deus por ter sido abençoado por tê-la como minha razão de estar aqui.

22 dezembro 2008

Barbara's birthday

Ontem foi o níver da filhinha de meu chapa Denílson, Bárbara.
Ela estava uma gracinha vestida de Emília, e o cabelo dela estava muito louco.
A festa tinha só os amigos mais chegados da família.
O que estragou um pouco a festa é que choveu e todos tiveram que ficar dentro do salão, ao invés de curtir tb a piscina e o gramado, já que o lugar é lindo pacas.
Como a festa começou tarde, tivemos que ir embora cedo, mas valeu a pena ter visitado meu chapa, sempre é bom vê-lo.

Zôo

Há umas duas semanas atrás fui ao Zôo com Dinha, Kauan, Junior e Nina. Foi um passeio muito bacana, o tempo ajudou pacas (estava bem meio termo, nem um sol de rachar, nem ventando muito), e não estava tão cheio na hora em que chegamos.
Pela primeira vez Kauan se soltou mais comigo, e ficou comigo boa parte do passeio.
Tá certo que o protecionismo exagerado dos pais dele me desagrada, mas não tenho como nem posso interferir nisso, mas me dá raiva ver que ele pode ficar mimado além do suportável. Não quero que ele seja tímido como era na minha infância.
Gostei bastante de ficar brincando com Kauan, acho que quando ele ficar maior e saber melhor quem sou eu, acho que nos divertiremos muito.

Unifesp 2009

Sem sombra de dúvidas foi um dos momentos mais aguardados de minha vida.
Minhas reais chances de cursar uma universidade pública tem sido aqui e estou na espera de um milagre dos deuses.
A correção da primeira prova foi um balde de água fria nas minhas expectativas, fazendo os mesmos um terço da Fuvest.
A correção da segunda prova foi uma redenção, acertando 60% da prova, e pelo menos durante 24 horas estaria matematicamente dentro da Unifesp, o que é uma sensação ótima e agonizante ao mesmo tempo.
A correção da terceira e última prova não saiu até agora (almoço de segunda), e tentarei pegar amanhã à noite no cursinho.
No primeiro dia tentei não ficar nervoso, mas enquanto eu aguardava no jardim da Fatec não escondia a taquicardia que me assolava. Coisa que já não aconteceu no segundo dia, que teria somente as provas que poderiam (ou podem) garantir meu passaporte à Guarulhos, tanto que arrebentei (dentro de minhas limitações pessoais).
O pior de tudo é ficar um mês inteiro na expectativa de não saber se deu ou não.
Mas que 29 de Janeiro de 2009 poderia ser o ano de minha redenção acadêmica até então, isso não nego, seria foda. Ou será?

Oração do Vestibular Nosso

Vaga nossa que está na universidade
Azarado seja o nosso concorrente
Seja correta a nossa resposta
Aassim na certeza como no chute
O cursinho nosso de cada dia que pagamos até hoje
Justificai as nossas despesas
Assim como nós justificamos as perguntas dissertativas
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do pau

10 dezembro 2008

Louco por ti Parreira!

O Flamengo é um dos times mais perdidos deste país. Tem a maior torcida, o maior patrocínio, o maior estádio, e consegue fazer campanhas medíocres e ter um plantel que não honra a camisa.
A diretoria tb ñ honra a cmisa, prova disso é que nesta semana eles quase conseguiram fazer a merda de levar o Parreira para a Gávea, mas a diretoria é tão burra que nem isso conseguiu fazer.
O Flamengo está tão perdido que chegou a lidarar o nacional por algumas rodadas e conseguiu a proeza de ficar fora da Libertadores 2009 (o Santos, que chegou a ser o penúltimo, quase pegou a vaga do Parmera).
Fala sério, Fla. Você "já é".

Denílson? não, obrigado.


A diretoria do peixe que não abra o olho e mais um curva de rio vem para a Vila Belmiro.
Em entrevista à FSP, o mesmo disse que o seu desejo era se aposentar pelo Santos, já que seu pai é santista roxo e ele este como este é o sonho de seu pai, ele quer fazer este agrado.
O cara já não faz nada no Parmera, ganhando o que ganha da Traffic,e ainda quer chupar a grana do Seu Teixeira, sai fora!
Se é para não fazer gol, estamos felizes com nossos incompetentes, não precisamos de + 1.

Louco por ti Ronaldo!

O time mais trouxa do mundo acaba de provar pq tem essa fama.
Esta semana acabou de anunciar que está contratando alguns profissionais de mercado: um oftalmologista, para os seus jogadores não confundirem o "fenômeno" com a bola; um nutricionista, pois a camisa só vai até o tamanho G; um psicólogo, para não deixar que o "fenômeno" não coma os outros jogadores e os faça gostar de travecos.
O mais absurdo é que o clube tem ótimos jogadores (Dentinho Lulinha, Herrera, Douglas, Felipe, um puta técnico), e só o que o gordo ganhará em patrocínio é suficiente para pagar o salário de uma boa parte do time pelo ano inteiro.
Não é a toa que há alguns anos atrás o time ganhou o apelido de "faz-me-rir".
Estou louco para que o "fenômeno" jogue contra o Santos e o curintinha tome uma sacolada para deixarem de ser bobos.

A redenção de Giovanni


Este é um dos brasileiros mais injustiçados no futebol.
Foi um exímio jogador no SFC no ano de 1995, se é que não foi o melhor jogador daquele ano dentre todos de todas as equipes.
Aquela final contra o Marcio Rezende de Freitas ainda está entalada na garganta até hj, mas como a CBF não assume a merda de seus juízes, somos campeões morais daquele ano.
Nesta semana, ele disse à FSP que gostaria de voltar ao SFC e ganhar um título com o manto sagrado, já que lhe roubaram na cara dura, ao vivo, para todo o Brasil.
Acho nada mais do que justo, eu particularmente acho que ele deveria vir para o Santos e nem chegar a vestir a camisa do Mogi, e arrebatar o Paulistão e a Copa do Brasil deste ano.
Volta, Dio, quero dizer, Gio!

24 novembro 2008

Haloween 2008 - JRM/SCS



My sweethearts.



Mas como são caras- de-pau meus babies...rs*

33

Não tive muito ânimo para fazer qualquer outra coisa que não fosse ver filme, ontem, após a divulgação do gabarito, e de minha praticamente-matematicamente desclassificação ainda na primeira fase da Fuvest. Não queria fazer nenhuma atividade que exigisse agir ou pensar.
Bateu uma sensação de culpa tão grande por não ter tido um desempenho ao menos igual ao primeiro semestre do ano passado - 1/3 da culpa eu credito ao meu cansaço físico; 1/3 ao meu trabalho, que consome tempo em elaborar textos e corrigir atividades para meus alunos; e o último 1/3 a uma relativa falta de empenho em meio a essa escassez de tempo.
Mentalmente eu dizia que este trimestre no Objetivo seria apenas um aquecimento, mas depois que saí da prova com a sensação que daria para assegurar a classificação por conta de meu "possível bom desempenho" ontem, acabou geando um otimismo que depois gerou uma frustração sem tamanha. O pior é que dava para assegurar a vaga dentro da minha estratégia secreta, ams falhei no planejamento e na perseverança.
Para acordar hoje foi uma lástima, parecia que tinha acordado de um porre (psicológico. existe?) que quase amordaçou minhas costas na cama. Mas o compromisso fala mais alto.
De manhã não estava para muitos amigos, e chorei as mágoas com a Carol, Cris e William.
De tarde, me concentrei nas aulas e acabei esquecendo um pouco da prova, só lembrei quando me indagaram.
Bom, hoje resolvi não ir ao cursinho para evitar de ter de falar um milhão de vezes meu pífio desempenho, e também para elaborar as provas de CRMP (04 versões). Uma está pronta, as outras 03 tentarei matar esta noite.
O que me consola é que tenho ainda a Unifesp e que tenho uma Companheira com "C" Maiúsculo, que sempre tenta me deixar de alto astral, mesmo quando não mereço.
ETA.

19 novembro 2008

Fuvest 2009 - parte 01

Nove anos depois, enfrento a Fuvest outra vez.
A situação hoje é diferente em alguns aspectos e parecidos em outros.
É diferente porque a nove anos atrás eu não conhecia muita coisa do mundo, não tinha visto muita coisa que hoje eu vi no cursinho, estou mais maduro, estou em paz comigo, tudo na minha vida está bem caminhado, já sou graduado, tenho estabilidade profissional, encontrei A Mulher, enfim, estou muito feliz e posso dizer que tão confiante em meus sonhos quanto naquela época.
O que é parecido - e é o que me deixa apreensivo - é que não tive o tempo necessário para me dedicar ao cursinho, não estou devidamente preparado a ponto de dizer "Fuvest vem, vem, vem prá porrada, vem", estou mais para franco atirador do que um exímio atirador.
Claro, não nego que meus conhecimentos escolares melhoraram nestes 09 anos para cá, mas ainda assim na minha opinião não o suficiente para ganhar no grito uma das 180 vagas que disputo com meus 1500 adversários. Retificando o que muita gente me diz, eu me considero sim inteligente, por ser um cara atualizado e que se expressa bem, mas não por deter o conhecimento mínimo das matérias esclares para garantir as provas, pois o mínimo eu acho que não tenho.
Ok, nunca alimentei esperança em entrar neste vestibular de 2009, continua sendo apenas um aquecimento para 2010, mas é inegável que alimento a alegria de ser abençoado pelo meu Pai do Céu e que eu possa dizer com toda emoção do mundo que estudarei no Butantã ou em Guarulhos.
Eu olho minha coleção do Objetivo e lamento não ter tido a oportunidade de devorar os livros de humanas e biológicas, mas espero que possa fazer com gosto entre as leituras de Pedagogia a me serem solicitadas ano que vem.
A preparação das aulas, os compromissos familiares e o cansaço físico contribuíram significativamente para a escassez de meu tempo, mas não reclamo, foi um trimestre corrido este 03º trimestre de 2008.
Postarei apenas no Domingo à noite, com os olhos cheios d'água - só não sei dizer se de alegria ou de pesar, mas claro, de cabeça erguida por ter lutado até o fim.
E rezem para eu acertar ao menos metade da prova.

"Não me entrego sem lutar
Tenho ainda coração
Não aprendi a me render
QUE CAIA O INIMIGO ENTAO"

(Renato Manfredidni Junior, 1991)

15 novembro 2008

Cristiano da 05º série

Tornei a encontrar Cristiano pela 03º vez - ao caso, claro - desde que nos separamos na sétima série em 1995. Foi triste como nos dois encontros anteriores.
Não que eu desse muito valor para a amizade dele, já que ele era um retardado perdido na escola. Não que eu o culpe sozinho por ser retardado, mas infelizmente a família e escola brasileira estão prostituindo nossos jovens ao idiotismo crônico e geralmente irreversível.
Ele não lembrou de meu nome em nenhuma das vezes, não demonstrou interesse na conversa, em pedir telefone, em tentar rever os camaradas da escola, nada. Conversou por educação.
Ele leva a vida dele meio que estagnada num transe vazio. Há 16 anos está trabalhando como ajudante geral numa loja de 1,99 na Vila Diva, está amasiado com uma mulher quase que pelo mesmo período e com suas brigas de "casal normal" e não sai com os amigos.
Era uma época tão bonita - apesar dos pesares - que entristece-me ver que para a maioria foi apenas mais um dia, apenas.
Já conversei várias vezes com Maria sobre como é inacreditável que as pessoas não dêem importância nenhuma às amizades, que cortem as poucas amizades porque o cônjuge sente ciúmes. Parecem bois em currais, que estão pastando no automático de suas vidas, apenas de passagem, esperando sua vez de ir para o abate.
Gostaria de dizer aos poucos amigos que tenho - Maria, Denilson, Edgar - que os amo muito, inclusive os amigos que se foram da minha vida - Mariana, Salvador, Silvio, José Paulo, Felipe - por motivos tão tolos quanto este post.

09 novembro 2008

NC - BB

Como o PSDB é um partido esperto. Como sabia do mal-estar que provocou ao querer vender a Nossa Caixa ao Banco do Brasil sem licitação - ferindo a lei 8666/93 - tratou de pensar num mecanismo que não ferisse mais a lei. E no que ele e sua equipe pensaram? noutra lei! mais precisamente uma MP, antes que tentem embargar mais as negociações.
O triste é que eu já não gostava da Nossa Caixa nem do Banco do Brasil, e assim como eu, os clientes da NC continuam sem ganhar nada com essa transação.

08 novembro 2008

Relações candidato-vaga

Não nego que ontem foi um dia especial nesta corrida pela Pedagogia. Mesmo não tendo muito tempo disponível para me dedicar ao cursinho, parace que o Universo resolveu conspirar ao meu favor: ontem saiu as relações cadidato-vaga da USP e UNIFESP. Foram respectivamente, 7 e 3, o que me animou muito. Demais, para falar a verdade.
Algo que me animou muito foi o número total de inscritos na Fuvest, que caiu quase 20 mil em relação à média dos anos anteriores, ficando na casa dos 134 mil. Os inscritos para Pedagogia, tanto na USP quanto na UNIFESP também caiu, ficando este ano em 1380 e 164, respectivamente.
Agora nestas duas semanas que antecede a Fuvest, preciso dar um gás que não pude dar neestes 3,5 meses desde que voltei ao Objetivo, e calibrar para as 03 provas da Unifesp.
Acho que independentemente dos resultados, chorarei muito por ocasião da tríplice lista, só não posso deixar a peteca cair numa eventual negativa dia 15/12, pois terei 03 dias de guerra em Guarulhos. Agora se a notícia for positiva, irei com toda motivação do mundo, por ter vencido a primeira batalha.
Acho que a trilha sonora de ontem foi "For whom the bell tolls".
E espero que a dos dias 29/01/09 e 04/02/09 seja "Lado B lado A".

05 novembro 2008

Marilene Cocco

Depois de muito postergar, em Julho deste ano resolvi ir atrás da minha professora do 03º ano do primário, Marilene, mesmo sem saber onde ela estava.
Fui, obviamente, no Borges saber onde ela poderia estar, assim, como as professoras Sonia e Rose, respectivamente do 02º e 04º ano, mas como tenho poucas lembranças destas duas, não fiz muita força para achá-las.
No Borges disseram que ela tinha ido para uma escola na Anhaia Melo e me deram seu sobrenome sem querer, o que me ajudou muito no final das contas. Passei algumas vezes de ônibus na frente de tal escola, mas não via um portão aberto ou campainha, até mesmo na vez em que fui apé para lá.
Como o semestre letivo foi corrido, deixei o assunto de lado, e num certo dia, quando estava no Orkut, veio a santa idéia: será que ela estaria aqui? Eureka!
Como ela tem apenas 05 comunidades, sendo duas de uma única escola - peguei o nome completo da escola, joguei no Google e veio fone e endereço. Liguei um dia, ela não estava, então resolvi matar uma noite do cursinho indo de sopetão.
O destino é uma coisa curiosa, passei tantas vezes por aquela escola quando voltava da PUC nos últimos anos, quando pegava o extinto 3350, e nem sabia que um dia pararia ali.
Quando cheguei ela estava atendendo os pais de um aluno e depois um casal de alunos. Quando me apresentei como um ex-aluno dela, do Borges, foi algo tão inusitado, pois fazia 17 anos que não a via - e eu a conheci ruiva, e não loira como está agora - e saiu um montão de histórias do baú. Até do cabelo dela! rs*
Conversamos durante 03 horas e fui embora, pois tinha realizado uma vontade minha: dizer o quanto ela foi importante no meu desenvolvimento como aluno, profissional, cidadão, e agora professor, e que ela tinha sido a professora que mais tinha me marcado nestes 20 anos de escola, e como eu sou agradecido por isso.
Os professores reclamam tanto do desinteresse dos alunos, da falta de gartidão, e eu acho importante egstos como o meu, para ao menos um dia ele lembrar: um eu ajudei, um virou um vencedor na vida, e eu fiz parte disso. Fiz bem feito a minha parte, a minha missão.

Obama e Berlusconi


"Obama é jovem, bonito e bronzeado". Com uma frase estúpida como esta, Berlusconi conseguiu causar mais nojo do que consegue naturalmente.
Como um primeiro-ministro, europeu, consegue ser tão pobre de espírito?
Houve um tremendo mal-estar na Itália e em vários lugares do mundo por conta desta infelicidade, e automaticamente vários protestos.
A foto acima foi o protesto mais original/inteligente que eu vi. Parabéns ao moço.

Eloá

Não sei como as pessoas nãos e cansam de ver tragédias como a da Eloá, a do João Hélio, a dos Nardoni, a das Casas Bahia. É tanto sangue, é tanta violência gratuita e desnecessária e as pessoas parecem se alimentar destes fatos, fotos, fococas.
Nunca fui desejoso de ter TV a cabo, mas depois que a Dinha veio morar comigo, e automaticamente ela trouxe a Sky, já que ela já era assinante, e vejo como não consigomasi assistir canal aberto. Vejo, mas não tudo, só a Cultura se salva.
O que naõ entra na minha cabeça é como os pais de uma menina de então 12 anos permitem que ela namore um adulto de 20.
E outra coisa que não entendo é como e porquê os jovens vivem namoros tão infantis e doentios, sempre procurando pêlo em ovo, afastando as amizades de seu/sua namorado(a), como numa obsessão absurda e ridícula.

03 novembro 2008

Grazie, Dio

Adoro todo carinho e paixão que emana de seu coração para o meu.
Juro que eu tenho muitas dificuldades para receber tanto carinho - não que esteja reclamando, pelo contrário, tem sido maravilhoso - mas fui tão mesnosprezado na vida que às vezes nem acredito que tem alguém que goste tanto de mim.
Falo de Deus em meu discurso a toda hora, pois é a única explicação para minha vida pessoal e profissional terem mudado da água para o vinho ao mesmo tempo. É como se uma nuvem negra que havia se instalado desde o início da minha adolescência até os primeiros anos de minha fase adulta, tivesse simplesmente evaporado.
Não tenho palavras para com seu zelo comigo em todos os sentidos: na minha alimentação, nas minhas rabugentices, nas minhas baboseiras juvenis, nas minhas enfermidades, nos meus sonhos quase utópicos...
Estar com vc é tudo de bom, andar de mãos dadas, ao fazer poesia, ao dar-lhes dentes de leão todos os dias, ao te acompnhar no escadão ou te pegar lá, na despesa do mês, no almoço/jantar na sua mãe, nos encontros com as meninas da Juta, ou a simplesmente quando me deparo com seu olhar apaixonado, tanto quanto seus torpedos, que parecem bêbados de amor.
Queria te dizer um konte de coisas, te dar um monte de presentess, te sequestrar num monte de bate-voltas loucos e inesperados, mas espero que entenda minha vida financeira, e que tenha paciência com ela...rs*...mas tenho certeza que será passageiro, e conseguiremos tudo que planejarmos (até emsmo de te convencer a largar aquela bosta de time).
Beijos em paz com o mundo, por sua causa...

Revisão Objetivo

Hoje começou a revisão do Objetivo, dividida em 03 fases e 06 cadernos; como priorizei as matérias que tenho facilidade, descartarei de assistir as aulas de química, física e gramática, pois ninguém merece a aula daquela mulher (mesmo gramática tendo importância suprema no vestibular). Focarei onde posso arrancar pontos preciosos e as outras 03 matérias, como pela rabeira nos 20% de cada.

Aula crise americanaA

A aula sobre crise americana que dei na semana passada para assessoria 02 no Sapopemba foi muito boa, acredito que consegui prender muito bem a atenção da sala, mesmo sendo um tema denso. E a prova mais gostosa é que os alunos ficaram sedentos por mais, pena não ter a oportunidade e tempo de trabalhar o tema com eles.

Maradona

Futebol é um circo de horrores, e prova disso é que o bêbado-drogado-idiota do Maradona foi contratado como técnico da seleção deles. Só porque ele mencionou que gostaria muito de dirigi-los, e eles estão em uma posição ridícula nas Eliminatórias (estão em terceiro, mas possuem total condição de estarem disparadamente em primeiro). Um colunista do UOL disse que poderia ser uma jogada do presidente da AFA (a CBF deles) de ter um testa de ferro caso a Argentina fracasse nas Eliminatórias ou na Copa; o nome que seria mais consenso e razoável na Argentina (uma pesquisa feita mostrou que 80% dos argentinos pesquisados desaprovaram a escolha por Maradona) é Carlos Bianchi, mas o mesmo jornalista disse que ele e o presidente da AFA são desafetos sem chances de trégua, o que elimina as chances de Bianchi fazer a seleção dos hermanos mostrar seu potencial.

Eleições 2008

O balanço das eleições municipais deste ano não deixa dúvidas de uma coisa: se o PT não correr para fazer chapa com o PMDB, em 2010 o trio PSDB-DEM-PMDB será indestrutível.
O PMDB arrebanhou 1200 cidades brasileiras, o PSDB 700, o DEM e o PT 500;
Como o PMDB é maioria em tudo (vereadores, prefeitos, deputados, senadores), quem fizer acordo com eles ganha o que quiser, e nisto incluo a vaga do Lula em 2010.
Acho uma burrice sem tamanha o PT querer indicar o nome da Dilma ou do Patrus para suceder Lula. Eles precisam indicar um nome conhecido, tarimbado nas urnas, e se possível carismático. O único nome que vejo é o do Suplicy, mas parece que nem de brincadeira cogitam seu nome, o que é uma pena, pois se lançam o nome dele e o de um governador do PMDB (tipo Sergio Cabral), as chances do PT bater a dupla PSDB-DEM aumentaria absurdamente, agora lançar Dilma ou do Patrus é uma piada sem tamanho.
Lógico, o Marketing tem que ser melhor trabalhado, como foi em 2002, pois este que foi feito em 2004 e 2008 para Marta foi uma piada, a não ser que queiram perder espaço por um bom tempo nos cargos executivos, o que não me admiraria, já que os políticos petistas vivem da ilusão que o Lula viverá eternamente sendo candidato a Presidência da República e de que não há outro nome na legenda, ou de que demorará demais para surgir outro nome.
Eles que não trabalhem melhor as pratas da casa, senão viverão os mesmos tempos escassos dos anos 80 e 90.

Visita Bovespa

Hoje fiz minha primeira visita técnica com alunos, e debutei numa casa que almejei muito um dia em minha carreira: a Bovespa.
Marquei com os alunos de nos encontrar na frente da igreja de São Bento, e tivemos uma abstenção na casa dos 20% dos alunos vespertinos, e só não foi unanimidade à noite porque graças a Deus André veio prestigiar a visita.
Num modo geral, gostei da visita. Lamento apenas não haver mais pregão físico na Bovespa, e de termos perdido o da BMF; a palestrante que nos recebeu demonstrou entender de mercado financeiro, mas acho que ela é nova nesse lance de palestras e deixou a desejar na forma como transmitiu seus conhecimentos, talvez pela sua inexperiência com público ou por nervosismo, mas ambas as situações são normais.
A visitação durou quase 03 horas e avaliei positivamente, só acho que talvez os alunos deveriam vir com um tanto de conhecimento prévio sobre o assunto, para poderem explorar mais os monitores de lá.

341-409

Hoje o Brasil acorda com a maior notícia do mercado financeiro brasileiro desta década: Itaú e Unibanco, respectivamente segundo e terceiro maior banco do Brasil, se unem e se tornarão o maior banco do Brasil e o maior conglomerado financeiro do hemisfério sul.
A fusão nem aconteceu ainda e as ações do “grupo” já subiram 16%.
Eu particularmente gosto do atendimento nas agências do Itaú, e tenho aversão ao atendimento das agências do Unibanco (juro que não entendo como um banco que tem um péssimo atendimento nas agências consegue ser o 03º maior banco brasileiro).
O Bradesco deve estar se mordendo, pois há tempos o Itaú estava na cola deles e agora disparou na frente, quase tendo o dobro do Bradesco.
Os ativos da fusão chega a R$ 574 bilhões, soma que inveja a qualquer um.
Vamos ver a interpretação do CADE quando tudo for parar nos papéis.

Foi Massa



38 segundos. 03 curvas. Menos de 01 quilômetro. Essas foram as medidas em que Massa foi campeão da F-1, o que seria um feito histórico, já que esta foi sua temporada de estréia na elite do automobilismo mundial.
Foi impossível não ter assistido a corrida, sabendo das chances – mínimas, mas existiam – dele ser campeão mundial e devolver a alegria e vontade de assistir a F-1 com prazer e paixão.
Não culpo Barrichelo por nunca deslanchar na F-1, na minha opinião ele foi muito injustiçado: ficou muitos anos em duas equipes que tinham carros pífios (Jordan e Stewart); quando foi para a elite dos motores (Ferrari), foi obrigado a ser a sombra de Schumacher em todos os sentidos, pulverizando seu potencial em seu “auge” profissional; Agora na Honda, apesar de ter feito outras temporadas aquém do desejado, agora vive na esperança da caridade de mantê-lo na equipe, já que ela ainda não trabalhou com a melhor opção de pneus – fato que só acontecerá ano que vem, e queiram ou não, Barrichelo entende bem de tais pneus, o que lhe falta é ser o piloto número 01 de um carro que não lhe deixe na mão, como todos os outros.
Voltando a falar de Massa, a corrida ontem foi perfeita, linda, e na última volta, deu para ouvir o alvoroço das outras pessoas de meu prédio, também na expectativa que aquela tarde chuvosa se tornasse uma alegria sem tamanha em Interlagos e nos corações de quem gosta de automobilismo no Brasil... se não fosse o erro de estratégia de Glock, que matou os funcionários da Honda Brasil de vergonha; Vettel fez sua parte, mas infelizmente não foi suficiente.
Hamilton merecia um título na F-1, mas não esse ano, o título era de Massa: em uma corrida que ele liderava com folga, o motor estoura faltando 03 voltas para o fim, e em outras 02 corridas, sua equipe lhe deixa na mão na hora do pit-stop.
Independente de tudo, valeu Massa, foi brasileiro e perdeu como homem, lutando até o último segundo, acreditando em seu potencial e trabalho bem feito. Até 2009.

14 outubro 2008

O ignorante político

Infelizmente vivemos num planeta onde há mais exemplares deste tipo de pessoa do que os que torcem para o timinho rebaixado (graças a Deus).
Jur que dá nos nervos conversar com este tipo de pessoa e ver que, ela, com este tipo de mentalidade, não somente não cresce na vida, como também não entende porque a vida dela não muda.
Eu me intresso por eleições desde quando era criança, sempre achei o máximo, mesmo sem entender toda sua dimensão naquela época. Desde 1989 (é a lembrança mais atiga que eu tenho) eu acompanhava meus pais até as urnas e votava no candidato indicado por eles, claro.
E quando chegou o ano de 1998, qual eu completaria 16 anos, imediatamente eu fui tirar meu título, pois acreditava e acredito até hoje que desde cedo temos de entender de política e ter uma vida política ativa (não necessariamente se filiar a um partido ou a uma causa, mas ao menos pesquisar sobre todos os partidos e candidatos antes de eleger um).
É lógico que tem candidatos que matam de vergonha, outros que o ódio corre nas veias, mas temos sempre de tentar encontrar um bom candidato, separando o joio do trigo.
Ouço muito frases do tipo "político é tudo igual", políticos não prestam", "políticos só roubam e aumentam seus salários", "não gosto de eleição e/ou política", "anulei meu voto porque não gostei de nenhum", e juro que quando ouço estas frases, dá vontade de amarrar tais pessoas numa cadeira ficar horas, dias, anos falando de política até concvencer a pessoa a ser um eleitor consciente. Mas não perco meu tempo, é muito stress para tantas preocupações prioritárias.
Fiquei muito feliz no começo do ano quando por acaso reencontrei uma antiga colega de Ensino Técnico e do Grêmio da mesma escola, a Juliana Cardozo. Numa tarde meio chuvosa, Dinha e eu fomos até a casa de uma delas para um encontro com o Adriano Diogo, ele por sua vez levou sua apadrinhada para esta eleição, a Juliana.
Confesso que fiquei muito feliz em revê-la e relembrar as muitas histórias do Rubens Paiva e de conhecer o belo rumo que ela deu na vida dela ao se engajar na causa social da moradia aqui nos confins da ZL. Ela tem ajudado muitas pessoas que moram em favelas e/ou invasões a conseguirem urbanizar seus bairros e/ou a conseguir uma moradia digna.
Ela conseguiu se eleger na Câmara com expressivos 30 mil votos, e espero que ela possa dar sua contribuição na Câmara.
Juro que o que mais me chateia são os servidores públicos, que vendo o caos que está a saúde e a educação, muitos ainda votam no DEM ou no PSDB, como se fossem masoquistas. E tem pessoas que tem bagagem cultural para votar inteligentemente mas não vê ou não quer ver a nítida diferença entre Marta e Kassab. Juro que fosse eu a pessoa que o kassab me chamasse de "vagabundo", daria uma boa surra nele, para mostrar como se deve respeitar os pobres.
O incrível é que, coma economia fortalecida, o desemprego caindo, as obras sociais sendo feitas, muitas pessoas saindo da linha de miséria e tendo condições de se reeguer, ainda tenha gente metendo o pau no Governo Federal por conta de um preconceito idiota sem sentido algum.
Dinha e eu já combinamos: caso Kassab vença as eleições, faremos e verstiremos uma camiseta de protesto com os dizeres: "Eu tenho vergonha de quem votou no Kassab".
E tenho dito.

13 outubro 2008

Outubro

Graças a Deus...

Passagem das Horas II

Cinco e meia da tarde
O sol se põe pela janela
Antes do fim do baile
Meus lábios clamam por ela

Ainda faltam muitos passos
Para dar de encontro aos teus
Mas quando estes são realizados
Eis que chego ao apogeu

Mesmo estando longe
Sinto-lhe tocando as mãos
Com você olhando doce
Tomando meu coração

Faltando alguns degras
Minha dor sucumbe
Com sua paz e alto astral
Nosso corpo agora é um

Setec

Por determinação da CEETEPS, todas as ETEC deveriam criar uma SETEC no mês de Outubro.
Mal encerramos a Primavera Consciente, já tinha esse evento.
Com o curto prazo na mão e uma turma novata, não tnha muito o que fazer.
Bolamos de um grupo ir numa corretora de seguros entrevistar o dono e ver como este estabelecimento funcionava; um segundo grupo eu levei até a matriz da Porto Seguro tentar fazer uma visita monitorada, mas não rolou; na saída de lá, tive a idéia de levá-los até a Sincor, que acabaou sendo uma ótima idéia, já que fomos atendidos e muito bem e muito além do que eu esperava.
Comemos um dogão para tapear o estômago e fomos para a ETEC.
Durante a manhã e tarde do sábado revisei 69 e-mais com textos originados das pesquisas de meus pupilos e compilei os melhores para os gruposque se apresentariam estudassem por eles.
As apresentações da minha sala começaram mornas, mas foram melhorando ao longo dos dias.
Para uma primeira vez acho que não foi ruim, mas ano que vem tem tudo para dar um baile nesta primeira edição.

Mauro Naves e Kaká

Meu, como a Globo, a CBF e a Nike são cara de pau.
Depois do palelão que o Kaká se prestou ao se negar a ir para a Pequim (com medo de perder o "melhor emprego do mundo"), ficou um tempo de molho para afastar a pouca vergonha que a seleção fez em Pequim e sua imagem, e voltou ontem à seleção contra a "tradicional" Venezuela e sua "história" no futebol mundial.
Mauro Naves, que Dinha e eu respeitávamos tanto, perdeu o crédito conosco, fazendo uma entrevista tão medíocre com o Kaká, que nitidamente percebia-se a intenção de fazer o rapaz se passar por um bom moço, pois cara ele já tem.
Por isso que faço questão de usar a minha camisa dos "hermanos", contra a sem-vergonhice no esporte brasileiro.

FDS

Mais um fds perdido para os estudo por conta de muitos compromissos.
De manhã fui ao conselho de notas no Rocha. Mesmo estando tudo redondo, tomou a manhã inteira.
De tarde fui ao mercado fazer a despesa, pois Dinha foi num orfanato ser voluntária no dia das crianças e me encontrou no fim das compras.
De noite nos aventuramos pelas calçadas super-lotadas e super-esburacadas da Mateo Bei para comprar o presente do níver do nosso afilhado (não tinha o que queríamos, mas encontramos algo legal).
De lá fomos para minha SS (santa sogra) beliscar um churras e beber Fanta até cair sentado no chão.
Na manhã da domingueira, descongelei o congelador da geladeira, que tinha camadas gigantescas de gelo, que demoraram 2,5 horas para saírem na sua totalidade.
De tarde lavei a louça duas vezes, dormi durante o animadíssimo e dificílimo jogo do Brasil.
De noite Dinha e eu vimos o filme "Pelo amor de uma criança" (muito bom por sinal, baseado em fatos reais) e vimos aquele show de horrores que foi o debate da Band.

Debate Band 02º turno

Meu, que debate horrível foi aquele ontem na Band.
Foi uma oportunidade ótima para quem gosta de baixaria ver a Marta e o Kassab torcarem acusações e números questionáveis.
O nome do programa não deveria se chamar debate, e sim, Barraco eleitoral.
Já no término do primeiro bloco nem deu mais vontade de assistir o restante do "debate", não agregaria nada ao eleitor, pois toda acusação feita por um, era desmentida pelo outro, mesmo que fosse verdade. Como a maioria dos eleitores não lê jornais, não têm como ele saber que fala a verdade e quem mente. Graças a Deus eu gosto de ler e sei o que acontece nas 03 esferas do poder público.
Deveria ter utilizado o tempo do "debate" para blogar, seria bem mais útil.

30 setembro 2008

Áudio Death Magnetic

Outro dia, enquanto estava digitando não sei o quê no PC, estava ouvindo o disco novo do Metallica no Youtube, e confesso que gostei do que ouvi. acho que desta vez eles acertaram a mão de novo, pois o disco não ficou tão pesado e cansativo como no Saint Anger, mas também não ficou tão pop como no Load.
Quando sobrar alguma graninha, maybe no Natal, talvez eu presenteie.
É bom de vez em quando.

Relatório OBCE

Um dia desses, quando cheguei do cursinho, meu coração quase se despedaçou com uma reportagem no Jornal da Globo: um relatório da OBCE mostrava os quase falecidos índices da educação brasileira. Juro que deu vontade de chorar, e de a qualquer custo fazer Pedagogia e tentar ajudar o máximo que desse.
Sei que sozinho não mudarei o mundo (nem vou e nem quero), mas a situação no Brasil é vergonhosa e temos que tomar alguma atitude.
Acredito que se conseguir fazer uma escola fazer a diferença, a corrente se espalha.
Parece ingenuidade, mas quero continuar acreditano que somos capazes sim de fazer a diferença, nem que seja na vida de uma única pessoa.

Last saturday

Meu, para variar, mais um sábado que não consigo estudar por conta dos "n" compromissos que aparecem e mal consigo recusar.
De manhã teve a segunda edição da "Primavera Consciente" no Sapopemba; De tarde Dinha e eu fomos à oitava edição do Salompas International Volleyball Cup, e assisitimos a dois jogos: Um do Pinheiros contra o time italiano do Zé Roberto Guimarães, e a um do Finasa contra um combinado da República Dominicana, que por sua vez tem toda uma "história" no volei mundial.
Foram dois jogos bem fracos tecnicamente, pois o time italiano e o Finasa passearam sozinhos na quadra.
À noite, graças a Deus, finalmente Dinha e eu conseguimos assistir à um concerto da Tom Jobim, depois de meses combinarmos de ir nunca dar certo. Desta vez o Ricardo e Alan foram conosco.
Chegamos em casa e o Neto estava fechado (putz) e como estávamos morrendo de fome, fomos numa pizzaria do bairro comprar uma.
Deitei tão cansado que dormi o domingo inteiro no sofá. Tava precisando...

Debate Record 01º turno

Este debate da Record foi um circo de piadas, pois Alckmin descia pau no Kassab; Kassab descia pau na Marta; Marta descia pau no Pitta (cujo padrinho e secretário de planejamento, respectivamente Maluf e Kassab, estavam no palco); Maluf descia o pau na Soninha, que por sua vez rebatia. Reichman, Ciro Moura e Ivan Valente choravam dizendo que era a hora de sair da mesmice no voto. Os candidatos do PCO e PCB ne convidados foram.
Enfim, um debate improdutivo e cheio de pérolas. Só vendo para crer (ou rir).

01 ano morando juntos

Meu, hoje faz um ano que estou morando junto com Maria, mais parece que foi uma piscada do que 365 dias.
O balanço que faço é extremamente positivo, mas claro que não somos um casal perfeito, temos problemas drásticos que ainda não foram sanados, como por exemplo o fato dela AINDA torcer para aquela p***** do Corinthians, mas tenho fé em Deus e sei que um dia ela perceberá o tempo que ela perdeu emanando energias positivas para aquele antro.
Ok, muitos dirão que somos um casal novo, que ainda estamos em "lua de mel", mas prefiro não creditar a nossa ótima relação ao pouco tempo juntos, e sim, ao diálogo diário e a vontade de que tudo sempre esteja na mais perfeita paz e alegria, pois ambos estão sempre atentos e preocupados em desfazer qualquer mal estar que eventualmente possa surgir.
Eu particularmente não tive nenhum problema em me adaptar com a chegada de Maria, pois sou muito relax com as coisas; Maria já estranhou um pouco sair da casa dos pais e ter uma nova rotina, mas nada que umas boas marretadas que eu dei não tenham sanado este detalhezinho.
Acordar ao lado dela é tudo de bom, ambos sorrindo, brincando o tempo todo, um interessado no dia-a-dia do outro, respeitando gostos e opiniões, tem sido uma experiência FANTÁSTICA.
Desejo de coração que os próximos 75 anos continuem assim, pois melhor é impossível.

15 setembro 2008

Circo de horrores

Confesso que às vésperas das eleições municipais, estou ainda sem um candidato à vereador. Os dois últimos que elegi - José Eduardo Cardoso e Soninha - não estão concorrendo.
E o que se vê é um verdadeiro circo de horrores, um show de aberrações e afrontas à inteligência de qualquer um.
O que leva as pessoas a votarem em candidatos como: Serginho Mallandro, Agnaldo Timóteo, Jogador Dinei, Myryan Athie, Milton Leite, Jooji Hato, Ademir da Guia, Gilson Barreto, Luiz Carlos do Raça Negra, Netinho do Negritude, "Eneas" Filho, Havanir, Malek.
Já assisti uns 2 ou 3 dias de horário político específico de vereador, e fiquei mais desanimado como que vi e deixei de ver.
Minha esposa quer que eu vote no candidato dela, que é do mesmo partido que simpatizo. Não sei. Se não votar nele, votarei na sigla, o que para mim é situação extremista, já que não gosto de votar na sigla e deixar o partido escolher, pois depois fica difícil cobrar de alguém que não necessariamente eu elegi.

Death Magnetic

Este é o novo disco do Metallica, que já está disponível na net e dentro de semanas nas lojas físicas.
Sou um fã incondicional do metallica, e ao contrário de muitos, não critico a mudança e retorno posterior às origens como muitos fazem. Cada um tem livre arbítrio e fazer o que dá na telha.
Infelizmente por algum motivo aleatório, dinha e eu não conseguimos instalar as caixas de som do PC, o que inviabiliza escutar tal disco.
Mês que vem, quando sobrar tempo e cash, irei numa lan house e mato minha vontade.

Cine-assalto

Ficar refém de um rede de cinemas é um saco.
Ontem assisti ao começo da entrevista do Fito Paez feita pelo Jô e eles estavam discutindo isso: Fito tinha levado um dvd para o Jô, que perguntou se estrearia no Brasil. Fito lamentou e disse que raramente filems brasileiros estreiam no Chile e vice-versa, por conta do monopólio americano de produção, distribuição e exibição. O que é uma pena, pois perdemos a oportunidade de vermos ótimos filmes.
Adoro filmes, mas é humanamente impossível se pagar $15 num sessão de cinema (isso se vc não levar ninguém, nem comer pipoca ou beber refri).
Tem 04 filmes que estou morrendo de vontade de ver, mas pelo visto terei de esperar 06 meses e pegar na locadora, mas tudo bem, é o que ultimamente tenho feito mesmo: "Ensaio sobre a cegueira", "Bezerra de Menezes - o diário de um espírito", "Os desafinados", "Nossa vida não cabe num Opala".
Só primeiro é estrangeiro, e pelo trailer e sinopse todos parecem ser ótimos.
Vale a pena conferir.

14 setembro 2008

Semana do saco cheio

Por conta da papelada que estava indundando o meu centro de estudos, resolvi dar um tombo no cursinho nesta semana que passou, indo apenas na segunda. Não é o tipo de coisa que se deve fazer para quem faz um semi-extensivo, mas de certa forma estava precisando. faltei 03 dias, mas só arrumei de vez a papeleda no último dia.
A partir do próximo sábado preciso de toda maneira engatar a leitura dos livros das aulas, da coleção do Objetivo e da Fuvest, senão estrei na roda com o acúmulo de leitura.

Nhoque e costelinha

Este foi o meu almoço de domingo, e meu Deus do céu, que costela!
Esta semana que terminou foi da Ida, e a mesma nos convidou para um almoço no seu apê.
Depois de fazermos a inscrição na Fudest, fomos ao Aricanduva comprar algo para ela, e o fizemos na Marisa.
Meus sogrões passaram em casa antes para pegar um documento e colocamos a conversa em dia.
No apê da Ida estava seu sogro, seus cunhados, seu filho e sua nora. A sensação foi um pouco estranha e gostosa ao mesmo tempo, estranha porque parecia um momento familiar e íamos pela primeira vez lá, e gosotosa porque nestes detalhes que às vezes passam desapercebidos percebemos o quanto somos queridos por alguém.
Papeei bastante como filho dela sobre o Rubens Paiva, estudos, e principalmente sobre Análise de riscos, ja que ele trabalha com isso e eu já trabalhei.
Assistimos depois um pouco de Mighbusters e fomos embora, naquele frio de lascar desta tardinha acolhedora.

Fuvest 2009

Após saber que apenas 40 mil vestibulandos entregaram as inscrições no domingo anterior, cheguei numa conta que deu medo: há quase o tripo de pessoas para entrear suas fichas hoje, entre elas eu, já que Dinha e eu estávamos em Paris no fds passado.
Sabendo dessa informação, pensei em chegar na Drummond às 07 hs da madruga, mas entre o querer e o fazer, há uma sutil diferença. Batata. Estava tão cansado e com sono atrasado que não consegui levantar às 05:30 como tinha planejado, levantando apenas duas horinhas depois da cama.
Tinha duas alternativas de caminho para chegar lá, ir pela Giorgi Guilherme ou pela Francisco Marengo. Bestamente optei pelo primeiro caminho. Parecia uma estrada sem fim.
Chegamos às 09hs em ponto, e devia haver umas 70 pessoas na fila e não ficamos mais do que 20 minutos. Meu maior medo, de barrarem a ficha por conta do furto, graças ao papai do céu não aocnteceu, o atendente foi muito simpático e me disse que que há uma grande chance d'eu fazer a primeira fase lá.
Na hora de ir embora, optamos por ir pela Francisco Marengo, já que a Drummond fica exatamente na esquina dela com a Prof Pedreira. Meu, nem gastamos 05 minutos até a Serra de Bragança.
Oficialmente, estou na briga pelo Butantã.

04 setembro 2008

Arcadian sonnet

A benção na vida do homem
Nasce de uma flor
De suas caminhadas ontem
É que ela desabrochou

A beleza de cada uma delas
É algo a se admirar
Se ela é rainha da primavera
Ou uma camponesa singela

O amor é um riacho doce
Entedia quem não entende
E fortalece seus seguidores

A benção de cada pessoa
Reflete o olhar do coração
Cujo canto nunca é à toa

Confúcio e livre arbítrio

Existe uma parábola de Confúcio, o mais importante filósofo chinês, onde o mesmo ensina que nunca devemos contra-atacar uma pessoa que nos ataca, senão seríamos iguais à mesma.
Hoje ao atualizar o blog, vi um comentário desrespeitoso de um anônimo sobre um determinado post.
O meu blog reflete minha opiniões, o que não quer dizer que sou dono da verdade, ou seja, reflete apenas o que eu penso e faço deste blog um canal de discussões inteligente e de nível respeitoso.
Faço aqui, pois todos temos livre arbítrio, filosofia das mais antigas, respeitadas e estudadas, para dizermos o que pensamos.
Não obrigo ninguém a ler meus textos do blog, tampouco peço que leia. Sou a favor de que se leia o que se gosta, tanto que não leio assuntos que não gosto ou mídias que não gosto.
Ainda assim, caro anônimo, obrigado pela audiência e volte sempre.
Mas com respeito, claro.

25 agosto 2008

Fiasco olímpico

Toda a imprensa brasileira está bombardeando o COB pelo fisaco nas Olimpíadas de Pequim, por conta do abundante investimento no futebol masculino e no escasso (para não dizer inexistente) investimento nos outros esportes. Tivemos o pior desempenho das últimas 04 olimpíadas, e nenhuma atitude é tomada. O pior é saber que o COB tem a pretensão de sediar uma Olimpíada no RJ, sendo que nosso país não incentiva da maneira como deve a Educação, os Esportes, e nem os serviços de primeira necessidade (como saúde, habitação, saneamento, urbanização, segurança, transportes).
É preciso uma mudança de atitude da sociedade brasileira para que não fiquemos nesse eterno status de país em desenvolvimento.

30 anos, 30 vezes Maria

01 – É o que somos, um só corpo e um só espírito;
02 – São nossas duas visões de mundo, uma diferente da outra, mas bonitas e importantes porque respeitamos um a opinião do outro;
03 – São as mulheres mais importantes na minha vida: Você, minha mãe e sua mãe;
04 – São os homens que mais te amam no universo: eu, Kauan, Tio Zezé e seu Nelson;
05 – Foram os meses do melhor namoro que eu poderia sonhar para mim;
06 – Foram as viagens que fizemos até agora (dentre as milhares que faremos ainda): SJC, SFX, SLP, Rio, Paris e Cuba;
07 – São os dias por semana em que quero acordar com o desabrochar de seu sorriso;
08 – São as direções que seguem meu coração e que sempre vão de encontro ao seu: Norte, Sul, Leste, Oeste, Nordeste, Noroeste, Sudeste e Sudoeste;
09 – Se um gato tem nove vidas, ele pode morrer nove vezes. Eu tenho apenas uma, mas morreria um milhão de vezes para te proteger se fosse preciso;
10 – É o seu número, porque você é DEZ !!!
11 – É o número de jogadores de um time de futebol, e eu jogo em todas as posições para marcar um milhão de gols em você;
12 – É o número de jogadores de uma seleção de voleibol, mas ao contrário do Bernardinho, nunca te deixarei numa zona de desconforto;
13 – Como diria o Zagalo: “Maria eu te amo” tem treze letras;
14 – Na Copa de 2014 é quando teremos nossos gêmeos, expandindo em 100% nosso amor, nossa família e nossas dívida...rs*;
15 – Como diria a gambazada: “Louco por ti Maria” tem “kimzi letra”;
16 – Com dezesseis entrei na igreja para encontrar o amor em Deus, e foi através de ti que ele se apresentou;
17 – Aos dezessete muitos esperavam a maioridade. Aos dezessete só esperava por ti;
18 – Enquanto a fase adulta começa aos dezoito, a nossa nunca começará, pois seremos eternas crianças felizes em nosso mundinho;
19 – Nessa idade muitos jovens bebem por beber. Nessa idade só queria beber o mel de seus lábios;
20 – Dia de São Sebastião, que conspirou para que seu dia fosse o dia mais importante de nossas vidas: o dia em que nos conhecemos e o dia que nos casamos;
21 – O dia de nossa noite (?) de núpcias. Um momento mágico, num lugar mágico e duas pessoas mágicas, unidas por um sentimento mágico;
22 – Foi o dia da maior descoberta de Cabral, que foi o Brasil. Minha maior descobertaé seu amor todos os dias;
23 – É o total de letras do nosso alfabeto, mas se eu fosse descrever seu sorriso, precisaria aprender todos os alfabetos, de todas as línguas, de todos os tempos, e ainda assim ficaria na dúvida se conseguiria;
24 – Foram os anos que demorei a descobrir o verdadeiro amor que Deus reserva aos filhos de bem;
25 – Enquanto poucos casais chegam às bodas de prata, desejamos chegar à nossa umas três vezes;
26 – Foi quando tive a melhor festa de aniversário da minha vida. Grazie.
27 – É o resultado de três ao cubo, assim como meus pensamentos também estão ao cubo: Maria, Maria, Maria;
28 – Conjunto de sete dias por semana, quatro semanas por mês. Assim como o tempo que fico pensando em você;
29 – É uma música da Legião que ensina as pessoas a viver sem um grande amor, mas nem mesmo Renato Russo conseguiria escrever uma música ensinando a viver sem você, pois é humanamente impossível, pois seu amor vicia a qualquer um;
30 – É a sua nova idade, sua vida até então. Uma história que fica mais linda a cada dia que passa, cheia de vitórias, pois teu passado é uma bandeira, teu presente uma lição, figurarás entre as primeiras da psicologia esportiva do Brasil;

O sentido

Todos procuram um sentido
Para o que fazem aqui na Terra
Os que não sabem andam perdidos
Em busca de uma seta

Mas o que ninguém acerta
Não é tanto o destino
Mesmo não sendo a meta
Todos erram o caminho

O grande sentido da vida
Não é tanto o que se faz
O mais bonito ainda
É o porquê se faz

Pensar grande é um problema
Pensar pequeno é uma pena
Mas as pessoas nunca pensam
Porque a vida vale a pena

A Luz do Coração

Eu vivia bêbado de tristeza
Tropeçando nos buracos da minha rua
Eu vivia na incerteza
Se eu teria sua formosura

Conheci muita gente estranha
Muita gente amarga
Eu só tinha certeza
Que ninguém me amava

Nas noites de lua cheia
Conversava com meu Pai
Mas ele nunca respondia
Por onde tu andavas

E num amanhecer distraído
Os raios de Sol me reviveram
Iluminando meu coração
Que agora é Maria

22 julho 2008

Gilmar Mendes

Esse é um cara que está com os dias contados de seu cargo, presidente do STF, por conta da pouca vergonha do caso das prisões de Daniel Dantas, Pitta, Chicaroni, e do afastamento do delegado responsável pelo inquérito.
Esta semana estourou um escândalo de telefones grampeados de seu gabinete, meio que querendo forçar a rapidez de sua saída do cargo.
É uma pena vivermos num país onde pessoas que roubam milhões, como o Daniel Dantas, não ficarem presos por conta de sua fortuna e seus contatos, enquanto pessoas que roubam um pão para matarem a fome de sua família serem presos e aprenderem coisas que não devem nas cadeias.

CRP

Mês passado acompanhei Dinha no CRP para assistir com ela a palestra que fazem aos mais novos psicólogos habilitados da praça.
O CRP fica em frente ao HC, e fica sediado num sobrado bem simpático. Foi até engraçado quando chegamos em frente, eu disse à Dinha que a sede parecia mais uma casinha, e o segurança ficou todo sentido retrucando.
A palestra foi superchata, superdesnecessária, mas era o protocolo.
Fiquei morrendo de vontade de tirar meu CRASP depois que via carteirinha da Dinha, quem sabe depois que eu zerar minhas contas.

Seleção olímpica

Uma piada. Esta é a melhor definição do desempenho dos meninos do futebol e da preparação dos mesmos. Treinaram com a seleção de "Volta Redonda", "Vietnã", "Cingapura", simplesmente as maiores potências futebolísticas do mundo, dignas da medalha de pipoca que o Brasil arrebatou nesta olimpíada, vendo los hermanos learem o Bi (há!).

21 julho 2008

10 meses de casório

Meu, faz 10 meses que eu estou casado, parece que faz uma semana!
Putz, juro que não consigo entender como tem tanta gente que reclama do seus respectivos casórios, mas nem quero entender, vai que isso pega...rs*

Nogueira

Depois que eu, meus sogros e Dinha voltamos do níver da vó dela, resolvemos comer uma panqueca no Nogueira, já que meus sogros falam muito dela, que é gostosa, que não sei o quê.
Era a primeira vez que entrava lá e a frente do bar não é muito convidativa, mas o fundo até que é bem aconchegante.
Logo ligaram o o karaokê e daí não larguei mais o microfone, cantei um montão de músicas e meio que desestressei legal. O legal do karaokê do Nogueira é que tem um montão de músicas na memórias, acho que tem umas 03 mil músicas (rs).
Depois veio a panqueca, meio atrasada, mas veio. ENORME! Deus do céu, pensei que ia comer umas umas 04, 06, mas quando cheguei na metade da primeira, achei não conseguiria terminá-la. E pelo preço que cobram ($4,5), estava de graça, pagaria usn $10 facinho, facinho.
Pnesei que ficaríamos uma meia hora lá, e que essa meia hora demoraria uma eternidade, mas acabamos ficando quanse 05 horas e as mesmas voaram. Valeu a pena.

Mês da preguiça

Meu, fiz nada neste mês de Julho, só dormi, vi tv, fiquei na net, comia, e tornava a dormir.
Bom, acho qu estava precisando, depois das aporrinhações injustas do primeiro semestre.
Acho que todo mundo deveria fazer o mesmo. Pena que minhas férias não bateram com as da Dinha, e o engraçado é a que as férias delea são logo em seguida da minha. Shit.

Palhaçada européia

É um cúmulo a palhaçada que os clubes europeus fizeram como Brasil no futebol olímpico de Pequim: barrar a ida dos seus jogadores brasileiros à Olimpíada.
Ok, o Brasil tem hegemonia absoluta no futebol, e só porque ainda não conquistamos o ouro olímpico, querem nos boicotem desta maneira. O pior é que a FIFA e a CBF fazem vistas grossas e deixam uma palhaçada dessa mazelarem a imagem do "fair play".

O bom exemplo dos atleticanos

A torcida atleticana deu um bom exemplo de como protestar contra a diretoria do time: simplesmente foi até a porta do Mineirão e não entrou, fazendo o time ter um dos piores ínidces de público de todos os tempos, 03 mil pagantes.
A torcida do Peixe deveria fazer o mesmo.

Sofrendo prá vencer

O Santos está sofrendo horrores neste Campeonato Brasileiro. Nunca vi campanha tão ruim nestes meus 26 anos de praianos, e não tenho esperança nenhuma de que o Santos se salve do rebaixamento - ele está pior que o SCCP no ano passado.
O pior é que o presidente e a torcida não estão ligando muito, e só de saber que ficaremos um ano (no mínimo), pois acho que vem sofrendo gozação dos rivais, será f***.

Paranapiacaba

Após irmos ao concerto, eu, Dinha e o casal de colegas do trampo dela resolvemos ir até Paranapiacaba tentar ver o show do Zeca Baleiro, ou na pior das hipóteses, dar uma voltinha.
De trem não parece que é tão longe, mas de carro, Des do céu, é uma eternidade! Do Central palza até a entrada de Rio Grande da serra são duas horas de viagem, eu cheguei a pensar que estávamos chegando na praia, de tão demorado qu estava!
Mas para nossa tristeza, bem antes da entrada de Paranapiacaba já havia uma fila gigantesca de carros, e vários fiscais do distrito obrigando a todos ali a dar meia volta. Já não bastasse o cansaço da viagem, mais essa...
Foi tão frustante, parece que pobre nem tem direito a se divertir, e era a nossa única opção, já que Campos do jordão eles enfiam a faca em tudo, como que isso fosse um mecanismo de filtrar as pessoas que vão ou não lá. Lamentável.

Allegro Coral e Orquestra

Dinha e eu fomos neste Domingo à um concerto na Sala São Paulo, assistir uma orquestra com coral chamada Allegro. Como era na faixa, e na tão fascinante Sala São Paulo, dentro da também fascinante e histórica Estação Júlio Prestes, não tinha como dizer não, mesmo tendo que acordar cedo na domingueira.
Fomos com um casal de colegas do trampo da Dinha, mas iam outras colegas de trampo, mas elas foram de bus pq só havia um carro p/ as 15 pessoas que foram.
Talvez por ser um evento gratuito e não ser a Osesp, houve muita desorganização, fomos os primeiros a chegar e os últimos a entrar.
O concerto era beneficente, tínhamos que dar um quilo de alimento como entrada, e o evento foi organizado pelas vítimas do vôo da Tam, pois nesta semana completou-se um ano do acidente.
O concerto em si foi muito bom, o que "estragou" e "um pouco" foi as homenagens feitas à todos que trabalharam no resgate dos corpos e acompanhamento do inquérito. Só as homenagens tomaram quase o mesmo tempo de concerto.
O destaque ficou por conta de uma solista/soprana chamada Marlei Santos, ela abriu o evento cantando o Hino Nacional, e foi a melhor versão que já ouvi em toda minha vida, até gostei de ouvir o hino, o que geralmente não acontece com os civis se não se trata de evento esportivo.

18 julho 2008

PM carioca

Meu, o que está acontecendo com a PM carioca? os caras desandaram a matar civis como se estivessem numa competição de tiro a disco! o cúmulo do absurdo.
Ok, todos sabem que a polícia ganha mal, estão expostos a alta situação de stress, corrupção, depressão, violência, pobreza, desigualdade, mal treinados, mal armados, lutam numa guerra que nunca vencerão que é contra o tráfico de armas e drogas, mas chegar a este nível de atirar no primeiro que aparece na frente, sem antes distinguir se é civil ou bandido, aí é extrapolar os limites da lógica e do bom senso. E eles pararão quando? quando um deles matar por engano algum parente ou cônjuge? É o que parece.
Infelizmente o ideal nunca será feito, que é os Governos levarem a sério a segurança pública brasileira, que afunda em escândalos e aumentos salariais dos militares.

Paz para sempre

Este foi o nome com qual salvei minha - quem sabe a última ou penúltima - proposta de negociação na PUC, já que eles querem ir pro ataque contra todos os ex-bolsistas.
Semana passada falei com 03 atendentes, e acho que se depender deles, eu os convenci, mas o problema é se eles passarem a bola para a Fundação, que só vê números.
Mas tenho fé que a partir de agora tudo ficará lindo e em paz na minha vida como o azul do céu.

Parreira

Há uns dias atrás, Parreira deu uma entrevista ao Esporte Espetacular onde falou sobre vários assuntos.
Acredito veementemente que foi uma entrevista com o intuito de chocar e de lavar roupa suja.
Falou mal do Ronaldo, do Adriano, das festas, do despreparo. Falou com rancor da CBF e que o que aconteceu estava previsto, que não foi culpa dele.
Parreira é um cara muito capitalista e acho que foi infeliz em suas declarações, já que se passaram dois anos e não devia ficar mexendo com histórias mal sucedidas ou mal contadas.
Ele tem prestígio internacional suficiente para não precisar vender estrevistas como estas à jornalismos baratos e sensacionalistas como o da Globo.

Super Chelsea

O Chelsea parece que quer reerguer a história do clube, e automaticamente a história do futebol inglês, já que foi lá que surgiu o esporte mais assistido e praticado no mundo.
Contratou o Scolari, um dos melhores técnicos do mundo, Deco e fez a maior proposta de contratação da história do futebol: 100 milhões de Euros pelo Kaká, e o Milan ficou balançado.
Acho que não demorará para o Chelsea explodir no Nacional, na Champions League e quem sabe em Tókio.

DVD Titãs-Paralamas

No níver de minhas cunhadas-gêmeas, o marido de uma delas levou em primeira mão o tal DVD.
Não que eu achasse que fosse um grande DVD, mas na falta do que ver, vi. Vi e não vi nada do que já imaginava.
Um show apático, com as mesmas músicas de sempre, e parecia que os integrantes das bandas fazendo um jogral tão empurrado, que parecia que eles estavam numa tentativa desesperada e frustrada de emplacar um DVD que vendesse muito.
Eu não recomendo nem mesmo de graça este DVD.
Lamentável pala história das duas bandas.

Deep breath and run

Saiu a respota da PUC, aceitaram a proposta, agora é respirar fundo e ir com tudo.
Thanksgod!

Senhora dos Afogados

Domingo retrasado Dinha e eu fomos ver esta peça do Nelson Rodrigues, dirigida pelo Antunes Filho, no Sesc Consolação.
Eu fazia muita expectativa quanto à peça, pois os textos do Nelson costumam ser mito bons, tanto na sua imparcialidade, quanto nas suas críticas à hipocrisia da sociedade em suas relações familiares e amorosas.
A história até que era boa, mas acho que o grupo teatral não foi muito feliz na interpretação e na condução da peça, faltou sentido e aproveitar os ganchos do texto.
Eu particularmente me arrependi de ter gasto o escasso cash para ver tal (des)encenação.

1958 - o filme

Neste mês Dinha e eu fomos ver o filme da Copa de 1950 no Belas Artes. O preço, uma facada como sempre, ainda bem que eu pago meia, senão o rombo é maior.
O filme saiu da maneira como eu estava pensando, mas não saiu tão legal quanto eu achei que seria. Foi um documentário, teve o relato dos jogadores vivos (não só do Brasil, mas da Suécia e de outras seleções), mas o que eu acho que foi mais sentido foi a ausência do relato de Pelé. Ou seu cachê era alto demais, ou ele se acha a única bolacha que prestava do pacote.
Não que ele não tenha sido citado no documentário, foi e muito, e é uma pena que ele não tenha dado seu relato.
Acho que o filme poderia ser mais rico se tivesse depoimentos feitos naquela ocasião, mas o que foi feito vale como tentativa e registro histórico deste momento importante no esporte.

Estação Pinheiros

É inacreditável a cara de pau do Governo Estadual. Esta semana soltou um relatório contestando o relatório do IPT, um dos mais renomados e independentes institutos do país, ao dizer que a culpa do desastre na Estação Pinheiros foi por conta de características que"não apareceram" nos testes feitos no solo quando analisavam a região para instalação da Estação e sua respectiva escavação.
Dizer que foi uma "fatalidade" é algo que deve deixar as famílias das vítimas bem confortadas.
A contra resposta do Governo em relação ao relatório do IPT soou tão mal, que o Governo teve que fazer uma nota desfazendo o mal estar. Coisas tucanas, como sempre.

Unbasket

Pela 03º Olimpíada seguida, o Brasil não consegue classificar seu basquete masculino, ao perder a última chance no pré-olímpico de Atenas, ao perder para a fraca Alemanha, que dias depois ganhou a vaga em cima de outro time mais fraco ainda.
O descaso que estão conduzindo o basquete nacional é deplorável, pois enquanto temos o melhor voleibol masculino do mundo atualmente e uma das melhores seleções femininas do mundo, nosso basquete continua sendo uma piada.
Os brasileiros da NBA não fazem força alguma quanto aos empecilhos que seus clubes fazem, e a CBB menos ainda, como se qualquer resultado fosse o justo ou natural.
Por esses dias o Globo Esporte reuniu 03 jogadores - um de cada seleção brasileira que ganhou um bronze em Olimpíadas - para assistir o jogo contra os alemães e comentarem ao longo do mesmo. O tiozinho mais velho, de 97 anos, ao ser perguntado sobre o que ele achava do nosso basquete, não respondeu. Chorou entristecido pelo que fizeram da grande paixão da vida dele, e só de ver o tiozinho deu vontade de chorar junto, ou de arrancar no tapa o presidente da CBB de seu posto.

Kauan

Ser humano é um bicho muito manhoso. Kauan, meu afilhado, desde que entrou na escola infantil há quase 03 meses, vem demonstrando pequenas enfermidades, como tosse, gripe, febre, enjôo, que todos nós deduzimos ter um quê de psicológico por conta de uma inadaptação, manha por ficar longe dos pais.
Nestes quase 03 meses, foram vários remédios comprados, alguns pegos em UBS, mas o danado insiste em dar trabalho e preocupação. Tentamos descobrir se é só isso mesmo ou se tem algum fator no sistema imunológico que está falhando e feio.
Enquanto a resposta não vem, damos remédio e muito carinho pro cabeçudinho.

Bus Rider

Causos. Contando ninguém acredita, mas o pior é que foi verdade.
Finalzinho do primeiro semestre, na manhã de uma das aulas do PEAD, ao acordar Dinha me diz que tinha colocado $5 ao lado de minha carteira, já que meu bilhete único estava sem crédito. E eu consegui entender que ela tinha colocado $5 de crédito em meu bilhete.
Só que naquela manhã eu acordei muito em cima do horário da aula e saí correndo de casa.
Quando entro no bus e chego no cobrador, meu bilhete único não passa, pois está sem crédito. Fiquei com a cara no chão, já que estava quase atrasado para aula e não havia tempo hábil p/ir apé.
Morrendo de vergonha disse que não tinha percebido e que talvez tinha pegado por engano o bilhete único de minha esposa, que estava vazio (também) e se poderia ir de carona. O cobrador me empurra para o motorista, insistindo que ele me fizesse descer. Expliquei a mesma história ao piloto, que precisava dar aula, e por misericórdia, ele me deu a carona.
Enquanto ficava cabisbaixo ao lado do piloto, olhando pela milésima vez minha carteira, não vejo os mesmos $5. Daí me lembrei do que a Dinha tinha me dito, pois eu tinha entendido que ela tinha colcoado $5 no meu bilhete, e não que tinha deixado os $5 para mim.
Mas como já tinha pedido e ganho a carona, deixei para lá.
Foi punk...

Aborto

Foi arquivado novamente esta semana no Congresso Nacional, um projeto de legalização do aborto aqui no Brasil. Quem era contra o projeto festejou com caixões de papelão e bonecas, fazendo alusão de que mataríamos crianças com isso.
Sem levar o assunto ao mérito da religião, acho que o assunto é um pouco delicado.
Aqui no Brasil, há décadas há a falta da cultura do planejamento familiar, o que faz aumentar o número de pessoas nascendo sem acesso a uma vida com condições de desenvolver seu lado cidadão e humano.
O Governo não oferece quantidade e qualidade em seus serviços públicos suficientes para atender toda a sua população, gerando desigualdade, miséria e violência.
E há o que mais preocupa aqueles que vetam o projeto da legalização do aborto: a promiscuidade das pessoas e o "desencanamento" quanto à vida que elas colocam no mundo sem saber se querem ou não aquele filho, ou pior, se tem condições financeiras e psicológicas de cuidar da formação daquele toquinho de gente.
Sempre ouvimos aqueles absurdos masculinos do tipo: "transar com camisinha é como chupar bala com papel"; ou absurdos femininos do tipo: "se eu pedir pra ele usar camisinha ele não vai querer e vai me deixar"; ou absurdos gerais do tipo: "Nunca vai acontecer comigo"; ou pior: "Se não acontecer, ótimo, se acontecer, tô nem aí".
Acho que por enquanto está bom do jeito que está, enquanto não melhorarmos a qualidade de vida de todos e tivermos uma cultura do planejamento familiar.

Zé Ribeiro

Outro dia, sem avisar, bate o Zé Ribeiro à porta. Dinha e eu estranhamos, pois deveria ser algo importante. Ele viera fazer uma visita rotineira, como ele costuma fazer na casa dos amigos.
Era a primeira vez que Dinha e eu víamos desde o começo de Janeiro, e o clima confesso não estava tão leve, levando em consideração que ele não foi à Juta no Dia de Sebastião.
Eu particularmente tinha dificuldade em entender alguns comportamentos dele, e aproveitei naquela tarde para perguntar a opinião dele sobre várias coisas e até agora não sei dizer se as respostas me causaram surpresa ou se a surpresa foi não ver possibilidade de mudança em coisas tão simples e tão abstratas.
O relacionamento dele com as 04 Aparecidas é bem escasso, falho, e quase sem sentido do porque existir. Não digo que por culpa dele, delas, ou de todos. Mas não deveria ser assim, e alguém deveria tomar uma atitude.
Confesso que mesmo chegando 30 anos depois de toda a confusão e não sendo nem um pouco da minha conta, me incomoda tal situação. Desde que adotei a tolerância zero (um abraço p/ Rudolph Giuliani bela brilhante idéia) há uns dois anos em minha vida, confesso que gostaria de poder fazer algo para mudar tal situação, mas não sei se deveria forçar a barra (dum modo sutil).
Reclamo que as pessoas falam demais e fazem de menos, e por isso tento falar o mínimo possível e fazer o máximo que der, e gostaria de fazer algo neste sentido. O problema é como.
Não gostaria de chegar aos meus 50 sem receber um abraço verdadeiro, um beijo verdadeiro, um sorriso verdadeiro, não ser desejado em algum lugar. Acho que preferiria morrer se sentisse qualquer uma dessas coisas, mas minha visão deveria estar 100% , e aí é ponto.
Gosto de relações estreitas, fortes, até que a morte nos separe, mas como retificar a rasura, levantar, sacudir a poeira, e dar a volta por cima? Porque comprar uma quase-briga que não é minha? Como fazê-la? Posso fazê-la? Se sim, posso do meu jeito?

SCCP vs CRB

Dentro de uma relação que eu procuro manter como saudável, tento sempre fazer coisas que a Dinha nunca tenha feito, para que ela seja sempre feliz. E uma coisa que ela nunca fez muita questão, mas achava um cúmulo do absurdo, foi ir à um estádio ver o Corinthians jogar, sendo que ela já viu duas vezes o Santástico.
Como o Corinthians seria o frenesi da série B, desde se rebaixamento em 02-12-2007 (alguém poderia fazer desta data um feriado, né?), achei que a estréia na série B seria um bom jogo, importante, e talvez o melhor do campeonato.
Os ingressos foram vendidos numa Quinta-feira, e resolvi comprar no Pq. São Jorge. A fila não parecia grande, mas demorou absurdas três horas, pois os ingressos estavam sendo impressos na hora. Estava quase morto de forme, pois cheguei lá ao meio-dia e tinha comido um mísero misto quente.
Para que este jogo fosse marcante, resolvi comprar uma camisa nova do Corinthians para Dinha, pois ela tinha apenas uma, da época da Kalunga, quase se desintegrando.
Quando chegamos no metrô, resolvi colocar este pano de chão da Kalunga, assim nós dois estaríamos combinando, fora que ela ficaria super feliz.
Em dia de jogo, o último vagão costuma ficar cheio de corinthiano, então viajamos nele, mas por talvez ser um pouco cedo, tinha poucos torcedores em relação às outras vezes que vi, mas ainda assim tinha muita gente usando a camisa corinthiana naquele vagão.
Outro ritual que os corinthianos fazem em dia de jogo no Pacaembu é ir apé da Marechal Deodoro até o Pacaembu. Cansa um pouco, mas acaba ficando divertido conforme nos aproximávamos do estádio.
Dentro do Pacaembú a lotação estava mediana, apesar de ter-se noticiado que os ingressos tinham acabado dois dias antes do jogo, via-se nitidamente boa parte da geral vazia, provável que tais ingressos tivessem nas mãos dos cambistas.
O jogo em si foi fraco, apesar dos 05 gols (sendo o primeiro, do CRB, no primeiro minuto de jogo, e o segundo, de empate, no minuto seguinte).
A torcida estava com muita viadagem de superstição e mal prestou atenção no jogo, ficando com conversas paralelas. Como fiquei super emocionado com a torcida do peixe na final do Paulistão do ano passado, achei que os corinthianos, por conta da fama que eles se auto colocam, seria algo muito bonito de se ver, mas me decepcionei, particularmente.
Quase 03 meses depois deste jogo, o Corinthians é líder da Série B, perdeu a invencibilidade apenas na 12º rodada, mas não tá jogando aquele bolão, é que o nível da séie B é ruim mesmo, e é provável que ele consiga subir à elite nacional neste mesmo ano, sem maiores dificuldades, e talvez (Deus queira que não), mas talvez o lugar deles mal esfrie e já tenha outro paulista debutando na série B, lá da baixada...

04-08-2008

Esta é a data do meu retorno ao objetivo, ironicamente começando na mesma data que eu o larguei no ano passado:
no final de Julho.
Estou muito ansioso, pois agora parece que não haverá interrupções nesta minha nova corrida, como aconteceu ano passado (todas necesárias, mas algumas evitáveis). Fora a saudade de fazer bem feito, ao contrário do que fizeram comigo no período 1997-1999.
Ok, tá certo que turmas de Agosto não passa de um resumão do Ensino Médio, mas a título de warm-up, tá valendo, o importante é eu ter apenas um pensamento em minha cabeça: Ir pràs cabeças.

Grade 02º semestre

A grade não ficou 100% da forma como eu gostaria, mas ao menos eu completei a parte mais importante, que seria completar todas as tardes com aulas para que eu pudesse ter as noites livres para me dedicar ao cursinho, e vencer dois grandes desafios unidos no mesmo pacote: fazer Pedagogia na Usp ou na Unifesp.
Agora é concentrar energias nos conceitos que mais reforço aos meus alunos: disciplina, perseverança,

Romano Caceres

O bom filho à casa torna. Assim como diz o ditado, Marcelinho de Itaquera venceu a eleição para diretor do Rocha Mendes e está de volta à sua sede, agora como diretor dela.
Ele realizou toda a implantação da ETEC Itaquera e formou a primeira turma do curso técnico de lá. Colocou ordem na casa, segurava com firmeza as rédeas da situação e propiciou um ótimo clima entre o time de professores que ele montou lá.
Fico feliz em trabalhar com ele novamente, já que foi através dele que tive minha primeira experiência como professor, e serei eternamente grato por esta chance dada, já que me realize profissionalmente nesta nova profissão qual tento formalizar no mundo acadêmico através da Pedagogia.
Welcome back, buddy.

Série B

Meu, o que deu na cabeça daquele louco do Marcelo Teixeira, presidente do Santástico? Desde que começou o Nacional deste ano, o peixe não saiu um minuto da zona de rebaixamento! tá certo que estamos com saudades de dar uma surra naquela gentalha da marginal sem número, mas essa campanha já passou do cúmulo do absurdo. E ainda quer o que o torcedor vá apoiar o time, como se nós fôssemos garantir o resultado no lugar daqueles 11 nó cegos titulares do peixe.
O burro do MT conseguiu fazer algo que o deplorável do SCCP está fazendo regularmente: vender ingressos mais baratos, dar desconto para mulheres e torcedores que forem usando o manto sagrado oficial... mata-nos de vergonha este projeto de homem.
O Cuca esta semana teve peito o suficiente para admitir que é um perdedor nato e que está contribuindo ao peixe tanto quanto Carpegiane contribuiu ao SCCP, mas MT não o deixou jogar a toalha. NÃÃÃÃÃÕ! KD o Autuori? o Scolari? o Luxa?
Help! we need somebody!

Virada cultural

A virada cultural deste ano estava particularmente melhor este ano em relação ao ano anterior. O cardápio estava bem mais amplo, variado e de melhor qualidade.
Naprimeira noite Dinha e eu tentamos ver o show do Luiz Melodia, mas não rolou porque o show era dentro do Municipal e eu pensei que seria na escadaria, para contemplar o maior número possível de pessoas. Por outro lado foi legal porque permitiu à pessoas que nunca entraram no Muncipal debutarem com uma ótima apresentação e na faixa, o que é mais importante.
Depois de nos encontramos com Denilson, jantamos numa ótima churras ali na Ipiranga e nos dirigimos para o show da Gal Costa, cujo repertório foi tudo de bom.
Depois, até estava com vontade de ver o show do Zé Geraldo, ams depoisde perder a entraa dele no palco e ver metade do Kazebre na minha frente, perdi o pique. Dinha e eu fomos dormir no apê da Lúcia e do Donald.
Na domingueira fomos sozinhos ver o show do Zé Wisnik no CCSP, tudo de bom dentro da realidade musical dele.
Voltamos ao centrão para conferir o show do Arnaldo Antunes (que dispensa comentários), depois fomos para o show da Orquestra Imperial (um lixo) e tentamos ver os sows do Quinteto Branco & Preto e a Fernanda Takai, mas desistimos por conta dos atrasos estrelistas absurdos de ambos.
Mas o mais legal deste fds não foram tanto os shows, nem o tempo maravilhso que fez, mas sim as companhias. ETA.

12 julho 2008

Satiagraha

É uma lástima as coisas que acontecem em nosso Brasil. Só porque o Daniel Dantas é um dos homens mais ricos deste país e tem esquema com Deus e o mundo, ninguém tem peito de prender o homem. Um vai e vem de habeas corpus, inquéritos, abaixo assinados, diz-que-disse e não-disse-coisa-nenhuma, sai do cargo, volta pro cargo, tudo indiretamente dizendo que comeremos aquela deliciosa meia-musssarela-meia-calabresa.
Vai um pobre coitado que nem eu dar um calote na esquina. Nem sei se teria a cela especial (por conta da minha graduação), já que as delegacias daqui do pedaço só recebem a finesse da sociedade.
Como diria o poeta James Hetfield: "You know, its sad but true".

Paranapiacaba 2008

Já esta disponível na net a programação do VIII Festival de Inverno de Paranapiacaba. Os respectivos sites são:

www.santoandre.sp.gov.br/fip

www.guiaparanapiacaba.com.br/?pg=festival_inverno

Eu só consegui navegar pelo segundo site, por conta dos (d)efeitos especiais do site , q o deixam absurdamente pesado.
Eu selecionei o que eu acho mais interessante e coloco abaixo:

12-07-2008
15h – MARIANA AYDAR E BANDA

Local: Clube União Lyra Serrano
17h – SEU JORGE E BANDA

Local: Espaço Viradouro
21h – CLUBE DO BALANÇO

Local: Espaço Viradouro

13-07-2008
17h – ORQUESTRA SINFÔNICA DE S.ANDRÉ E MADEIRA DE VENTO

Local: Clube União Lyra Serrano
18h – ISABELLA TAVIANI E BANDA

Local: Espaço Viradouro

19-07-2008
15h – MARINA DE LA RIVA E BANDA
Local: Clube União Lyra Serrano
17h – LENINE E BANDA
Local: Espaço Viradouro
19h – “MEDEIA, UMA PERFORMANCE TRÁGICA”
Local: Pau-da-Missa e Porão da Casa de Chá “Apiaca”

20-07-2008
18h – ZECA BALEIRO E BANDA
Local: Espaço Viradouro

26-07-2008
21h – OTTO E BANDA
Local: Espaço Viradouro

27-07-2008
17h – BADI ASSAD TRIO
Local: Clube União Lyra Serrano

Dinha e eu iremos provavelmente nos shows do Lenine e do Zeca, talvez a gente inclua a Badi.
Enjoy.

06 julho 2008

Ingrid Betancourt

Um dos maiores descasos individuais deste mundo acabou: a libertação da política colombiana Ingrid Betancourt. Em um de seus muitos discursos após a libertação, eu achei muito bem dito e que ninguém se atreverá a comentar: ela disse que ficar 06 anos presa injustamente e por conta de uma causa que ela não abraça, 06 anos longe da família, dos amigos, de banho quente, de cama macia, é uma desumanidade sem tamanho, e que ela não quer ter o desgosto de passar por isso de novo e de ver alguém passar.
Até que ponto Hugo Chavez ou Alvarez Uribe ajudam ou atrapalham nas negociações com as FARC, nãos abemos de fato. O que sabemos é que tem pessoas pagando um preço alto demais por motivos que não lhe dizem respeito, e isso precisa mudar já.

Flu-Flu

Meu, o Fluminense se lascou. Foi inventar de usar o salto alto dos bambis, se lascou num Maracanã lotado (86 mil tricolores) e para um time sem expressão nenhum no mundo do futebol, que é de um país que até então nunca tinha ganho uma Libertadores.
Foi um micão.
Eu pediria demissão se fosse um dos jogadores do Flu, foi muito corpo mole para um timeco como a LDU.
Aliás, os times brasileiros todos mataram de vergonha suas respectivas torcidas.
Flamengo e Santos pelo mexicano gordo do Cabañas. Os bambis pipocaram por conta do Washington "star" e o Cruzeiro amarelou na frente das viúvas do Maradona.

Hey teacher, (no) leave the kids

Acabou a greve dos professores estaduais de SP. Após 03 semanas de greve, eles (ao menos a direção da APEOESP) aceitou conversar com Serra e Maria Helena, após o recuo do Governo em anunciar que iria descontar os dias parados dos grevistas.
O mais hilário foi saber que após anunciar o fim da grev na sexta passada, é que eles anunciaram que fariam DUAS SEMANAS de recesso escolar, furando inteiramente a entrega das notas.
É triste ver o que fazem com a educação pública e ver a (de) formação de nossos jovens e sua falta de perspectativa com o futuro deles e de nosso país.
Mas acho que comepte á nos professores lutar até o fim de nossas forças pela qualidade do ensino público. Se ele não for inteiramente de qualidade, que ao menos a sua parte seja feita com qualidade. Ao menos eu me esforço ao máximo para agregar valor ao conhecimento que levo aos meus pupilos.
Meu amigo Denilson lançou uma comunidade no Orkut chamada "Eu já me desapontei com a APEOESP". Mandou um convite para mim e para todos os seus amigos professores para que participassem da comunidade, mas preferi não entrar. Prefiro fazer minha parte na sala de aula.

Lei seca

Taí uma lei que eu dou o meu maior apoio incondicional. Somos um dos países que mais matam pessoas por ano nas estradas, são 90 mil no total. Quando acaba um feriado prolongado, principalmente Carnaval e Ano Novo, nem dá gosto de assistir, pois uma única notícia eu sei que passará: o balanço parcial das polícias das estradas, com o número de mortos e feridos.
A foto acima é uma ótima idéia, mas não nova: amigos alugando uma van e todos se entoepm de alcool, menos o motorista que está sendo pago apenas para dirigir, ou escolhem um "amigo da vez". O importante é ninguém sair meio grogue e se arrebentar num poste ou noutro carro ao invadir a faixa contrária da rua.
Sou totalmente a favor de dar uma multa pesada a quem for pego dirigindo bêbado e de considerar homicídio doloso e não culposo as mortes no trânsito.
Bebeu demais, sabe q pode fazer m***** no volante, pega um táxi, dorme num motel, mas afasta de ti este volante.

Caminhões

Às vezes fico pensando se o Kassab realmente tem intenção de se reeleger ou se ele quer bater o recorde mundial de absurdos inventados por algum prefeito.
É de conhecimento de todos que qualquer motorista que queira ir do Norte ao Sul do Brasil via terrestre, ou vice-versa, obrigatoriamente tem que passar pela capital paulista. E quem mais precisa fazer esta travessia são os companheiros caminhoneiros, que utilizam nossas rodovias para carregar nosso PIB em forma de matéria-prima ou produto final.
Agora à pouco no UOL saiu o primeiro balanço desde a proibição do tráfego dos caminhões aqui em Sampa: 6 mil multas em uma semana. Praticamente mil multas por dia.
Olha só o tamanho do absurdo: o Kassab, como "falta de alternativa" para para solucionar o congestionamento quase infinito, resolve proibir o tráfego de caminhões entre 05 e 23h; Por exemplo, se um caminhoneiro vem da Zona Franca de Manaus (depois de uns 02 ou 03 dias de viagem) e chega às 05h05min, ele tem de esperar até 23h, só para não "tumultuar" o trânsito de uma cidade que abraça 950 novos carros todos os dias.
Quer dizer, pimenta nos olhos das montadoras bilionárias, NÃÃÃÃÃÃO, mas no coitado dos caminhoneiros que são quase analfabetos e que se entopem de remédios para ficar acordados durante 02 ou 03 dias para conseguir fazer uma entrega, SIIIIIIIIIIIM.
E o mais interessante é que Kassab tem 15% das intenções de voto e 54% da população aprova tal lei absurda, assim como outros absurdos que ele impõe à nossa cidade.

29 junho 2008

1958 - A Copa do Brasil


Em Junho completou o cinquentenário da primeira conquista brasileira de uma copa do mundo.
A base daquele time e do de 1962 - obviamente - era do Santástico. E, como parte das comemorações, o Governo Federal resolveu prestar esta singela homenagem aos jogadores que ainda estão vivos (13 dos 22 já bateram as botas).
Também saiu um filme sobre tal conquista, estou louco para ver, mas com o fechamento do semestre letivo, fiquei meio impossibilitado, mas espero poder fazê-lo neste mês das férias.
Acho um pouco tardio tais homenagens, pois um montão dos jogadores não estão aqui para receber as homenagens, principalmente pelo fato deles terem eliminado o stigma da incompreensível derrota em 1950 para os companheiros uruguaios.

Marta

Marta Suplicy definiu seu vice na chapa para a corrida municipal, escolheu Aldo Rebelo, deconhecido da massa (que é quem elege) e conhecido da classe média (que só fala).
Na minha opinião foi um erro grave de parceria, já que ela precisa do máximo mpossível de tempo na tv para conseguir convencer a massa, e de alguém que lhe possa angariar votos efetivos, como seria o caso da Luiza Erundina. O pessoal do "bloquinho" qual pertence Aldo é de extrema-esquerda, e atualmente detestam a política petista. Na minha visão, é bem provável que eles votem no candidato do PSOL (caso surja). Aí, o plano petista afunda na própria cabeçudice.
O fato do Kassab e do Alckmin estarem se estapeando para disputar as eleições não ajudou muito, já que já decidiram ambos concorrerem.
Agora nos cabe esperar e ver quem serão os vices tucano e demo.

Zebra espanhola


Pois é, a zebra visitou a Eurocopa de novo.
Em 2004, Portugal de Felipão conseguiu perder o título inédito em casa para um analfabeto em futebol, a Grécia. Neste ano, a Espanha bateu os trimundiais germânicos.
Ok, a Espanha tem um dos melhore s e mais ricos campeonatos nacionais de clubes do mundo, mas a Espanha não costuma sequer ir às copas, quanto mais ganhar um campeonato de expressão como a Eurocopa.
Tudo bem que a Alemanha deve ter ido à final com o salto alto dos bambis, mas não justifica perder um título já ganho, num campeonato que demonstrou um nível técnico muito baixo este ano, não fazendo jus à fama e tradição que possui.

26 junho 2008

Você

Qual graça teria estar neste mundo
Se não pudesse ter sua presença
No amanhecer de minha esperança
Regado com seu sorriso de menina

Por vezes pensei que você não existia
Que minha mente fantasiava utopias absurdas
Absurdo foi um dia ter pensado
Que Deus não a tivesse criado

Procurei-te em tantos lugares
Em tantos sonhos
Que parece, que meu pensamento
Voaram de encontro aos seus

Escrevo, porque não sei
Escrevo, talvez, para o mundo ver
O quanto agradeço a Deus
Por casar com você

25 junho 2008

Globo e curintias

Como a Globo é chachorra: hj havia dois jogos para serem transmitidos, a final da Libertadores, inédita para o Fluminense; e um jogo q vale p**** nenhuma pela série B, curintias e Bragantino, pela 08º rodada dum campeonato q terá 38 rodadas. Por conta do dinheiro q ela ganha do curintias (lógico q proveniente de lavagem de dinheiro, tráfico de armas e drogas), ela transmitiu um jogo prá la de sem-graça, enquanto a final da Libertadores teve seis, eu disse SEIS gols.
Depois q instalamos a Sky em casa, eu desencanei de assistir qq coisa dos canais aertos, principalmente da Globo, por conta destas palhaçadas q ela faz com os torcedores dos outros times. Tal comportamento da Globo me irrita anto q eu preferi vir ao micro e atualizr meu blog, q estava precisando e tb pq estava morrendo de saudades de postar, é como uma terapia.

Prévias da minha futura agenda

Hoje oficialmente eu mandei por e-mail minhas intenções de aulas apra o segundo semestre deste ano. Se tudo der certo, conforme meus planos, lecionarei 05 tardes completas e 01 noite e meia, ao contrário do que aconteceu neste semestre. A mudança deve-se por conta de meu plano de fazer Pedagogia, ou fazer cursinho e depois Pedagogia (q o q soa o mais racional).
Lógico q dependerei da sorte e da colaboração de meus colegas de trabalho, mas estou mentalizando q dará tudo certo.
Amanhã tentarei resolver várias pendências, só espero q eu ñ me sabote e q dê tudo certo.

10 dias

A dez dias do encerramento do primeiro semestre letivo de 2008, houve uma sensação estranha e familiar quando fora hj à noite no Rocha: do total de 40, havia apenas 03 alunos na sala de aula hj. Não q fosse algo inesperado, levando em consideração q os alunos sabiam q nós professores tivemos até hj para entregar os conceitos finais, e a tendência é a % das presenças diminuir ainda mais até dia 04/07.
Eu achei q o alunos iriam, levando em consideração q eu disse q daria uma ou duas atividades hj, valendo nota. Uma pena q houve tão baixa presença, pois gostaria muito q eles vissem o filme q eu levei hj, "Coach Carter", acho q daria um gás na motivação deles. Anyway.