03 novembro 2008

341-409

Hoje o Brasil acorda com a maior notícia do mercado financeiro brasileiro desta década: Itaú e Unibanco, respectivamente segundo e terceiro maior banco do Brasil, se unem e se tornarão o maior banco do Brasil e o maior conglomerado financeiro do hemisfério sul.
A fusão nem aconteceu ainda e as ações do “grupo” já subiram 16%.
Eu particularmente gosto do atendimento nas agências do Itaú, e tenho aversão ao atendimento das agências do Unibanco (juro que não entendo como um banco que tem um péssimo atendimento nas agências consegue ser o 03º maior banco brasileiro).
O Bradesco deve estar se mordendo, pois há tempos o Itaú estava na cola deles e agora disparou na frente, quase tendo o dobro do Bradesco.
Os ativos da fusão chega a R$ 574 bilhões, soma que inveja a qualquer um.
Vamos ver a interpretação do CADE quando tudo for parar nos papéis.

Um comentário:

sabrina disse...

ah prof, concordo plenamente, tive uma conta no Unibanco certa vez, pois a empresa exigia, quando me desliguei da mesma a primeira coisa que fiz antes mesmo de assinar os papéis com o supervisor foi ligar, passar raiva e cancelar a conta (nesta ordem).
Deus nos ajude!