07 janeiro 2009

Retrô 2008

Não que eu ache que neste exato momento eu deveria fazer minha retrô sobre 2008, mas o problema é que só agora eu terei tempo de fazê-lo numa nice e não posso demorar muito para publicar.
Foi um ano fantástico, tanto pelos resultados positivos quanto pelos negativos, pois com as graças de Deus consegui aprender muito com meus acertos e erros, e foi um ano de muito amadurecimento, com todas as pessoas de meus meios sociais (família, amigos, colegas, alunos).
Uma das maiores realizações foi com certeza entrar no Rocha Mendes, uma escola tradicional da rede Paula Souza, e com um número considerável de aulas. Não só o número de aulas, mas o reconhecimento por parte de meu coordenador e de alguns alunos pelo meu bom trabalho desenvolvido foi algo gratificante neste fim de ano.
Casamento: era um sonho que achava utópico e que se tornou realidade, um conto de fadas. É inacreditável como o universo conspirou ao meu favor para que ele acontecesse no momento que eu estivesse maduro para não errar neste momento de minha vida. Daqui duas semanas completarei bodas de papel e estamos num namoro só, thanksgod!
Dívidas: consegui administrar bem as dívidas no desenrolar de 2008; teve meses que foram bem apertados, mas graças a Deus as contas do casório foram pagas e talvez o tão sonhado pé de meia começa este mês e bem iniciado.
Tropeços: sempre existem, mas o mais importante é levantar, sacudir a poeira, entender como e porque caiu-se e tentar não cair novamente, ou não tão cedo de novo.
Família: Não no papel, mas na família Moura ganhamos efetivamente mais um membro, João Diego, meu cunhado favorito. Espero de coração que ele fique para todo o sempre e que ele possa dar um jeito na minha irmã; na família da Dinha chegou Nevile, mas um sobrinho para alegria dela, e que Deus tenha compaixão dele pela telha que dormirá.
Diversão: até que foi um ano que saí reularmente para shows, viagens, passeios, encontros com amigos, e na maioria absoluta dos casos, deu para fazer tudo com a Dinha e concliliar o tempo com os diversos grupos de amigos, colegas e família.
Estudos: infelizmente não consegui me organizar para os estudos no segundo semestre e não fiz uma boa Fuvest. O que me consola é ter ainda a Unifesp e a Cefet e aguardar seus resultados ainda neste mês. E que Deus me abençõe com estas duas novas escolas na minha vida, se não for pedir muito.
É?

Um comentário:

Dinha disse...

Ufa! Que ano hein? Mas, parabéns, o saldo realmente é positivo. Como naquele filme "Efeito Borboleta", muitas vezes, nos perguntamos e se... Sei que diversas vezes a vida te apresentou portas que você não entendeu muito bem ou mesmo tenha desejado. Acredito que temos os anjinhos, as fadas, Deus e o universo conspirando para que as coisas aconteçam no tempo certo. Acho que você só está começando e muitos outros voos e altos você alcançará.