12 março 2008

A Barra da Barra

Uma das últimas pessoas na face da terra com quem pensei em me afastar foi a Barra. Deus colocou esta pessoa fantástica na minha vida, e por conta de machismos e arrogâncias de terceiros próximos, estamos sem se falar há 02 meses por e-mail e 03 por telefone.
Gostaria de resolver este impasse, mas o buraco é mais embaixo, e fora que meu tempo está muito escasso e estou sem cabeça por conta de outras cabeças.
Mas acredito na teoria de Smith e ter calma que as coisas se ajustarão com o tempo, por mais que ela e Dinha não compartilhem desta opinião.

Um comentário:

Dinha disse...

Também acredito que nos momentos mais difíceis é fundamental manter a calma. Também acho que existe sim um ajuste natural para as coisas. Mas, acredito ainda mais que as coisas acontecem para quem trabalha. O sonho é essencial na nossa vida. Ele nos inspira para as batalhas do dia a dia, mas se não dermos passos no sentido de alcançá-lo, passaremos a vida inteira apenas aspirando.
A nossa história é bom exemplo disso, não tivesse acontecido uma atitude pró-ativa tua, talvez nossa história tivesse sido apenas uma aspiração.