04 janeiro 2008

To shopping

Dia 02 Dinha e eu fomos ao Aricanduva comprar coisas para nós e para a casa. Compramos um celular novo para cada um de nós, minha roupa para o casório, nossas alianças, um dvd do Vinícius para mim. Pelo tanto de coisas, parece que gastamos no máximo duas horas. Gastamos 05. E olha que tentamos ser sucintos, mas o shopping estava lotado e mal preparadas para atender seus clientes.
Ontem nos aventuramos na 25 de março atrás de UD para casa. Mostrei a Dinha o shopping da 25 e a mega loja dos Armarinhos Fernandes. Compramos algumas bobeiras e algumas UD. Teve um dado momento que senti um fisgado no meu ombro esquerdo, igualzinho a um que tive quando estava em um dos meus últimos dias na Citizen.
Fomos depois para o mercado perto de casa fazer despesa e estava com fortes dores de cabeça e pelo corpo, febre, moleza...tava só o pó da rabiola. Chegamos no finzinho da tarde e tomei alguns remédios e deitei. Dinha foi tão cuidadosa de mim, e eu tão chato, mereceria umas porradas dela, sorte minha q ela é um poço de paciência. No fim da noite já estava bem melhor e assistimos ao filme “Poder além da vida” (peaceful warrior), que recomendo à todos, muito bom mesmo, adorei.

Um comentário:

Edgar disse...

Homem é tudo mole mesmo. Qualquer febrinha e ele desmonta. Se tiver uma mulher por perto então...
Vcs deviam tar mesmo com coragem para ir justo no dia 02 no shopping. Já o Armarinhos Fernando foi uma boa, acho. Já te falei q dei aulas para os donos do Arm. Fernando? Gente finíssima.
Ah, a propósito, meu novo blog está em aletra.wordpress.com
Até